Felipe Massa chega em 7º e é líder da F-1

Não houve pódio, nem canção da vitória, nem entrevista de campeão, muito menos guerra e banho de campanha. Porém, nunca um 7º lugar na Fórmula 1 foi tão comemorado como este conseguido pelo piloto de Botucatu, Felipe Massa, no GP de Sepang, na Malásia, ocorrido na manhã deste domingo das 5 ? s 7 horas (horário de Brasília)..

Com esse resultado Massa assumiu a liderança isolada do Campeonato Mundial de Fórmula 1, ficando ? frente de seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, que sofreu uma quebra de motor a duas voltas do final e não terminou a corrida e do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. E tem mais, durante toda a corrida, Massa sempre esteve melhor do que Alonso, desde a largada.

Depois de um péssimo treino no sábado, onde se classificou apenas na 21ª posição para o grid de largada, Massa fez uma corrida de recuperação e conseguiu chegar entre os primeiros. Ao final da corrida ele foi o mais assediado pela imprensa mundial, em razão das características da corrida que o colocou na liderança.

Massa chega a esta liderança sem cruzar a linha de chegada em primeiro em nenhuma das três corrida disputadas até agora, embora tenha tido resultados expressivos em Bahrein e na Austrália, onde subiu ao pódio e participou da tradicional guerra da champanha dos campeões.

Massa foi o piloto mais procurado pela imprensa internacional depois de prova para comentar o resultado e sua liderança, depois de ter se recuperado de um acidente no ano passado que quase o tirou das pistas.

“Ser líder depois do que aconteceu é sem dúvida ótimo. A sensação é sem dúvida boa. É sempre ótimo saber que está em primeiro no campeonato, mas tem muita coisa pela frente. Temos ainda muitas corridas a disputar”, comentou o brasileiro.

Pela primeira vez os quatro brasileiros que disputam o Campeonato de F-1 conseguiram terminar a corrida. Além de Massa que chegou em 7º, Rubens Barrichello foi o 12º, Lucas di Grassi, o 14º e Bruno Senna o 16º. A “pérola” do dia ficou com Rubinho Barrichelo que largou em 7º e terminou em 12º, ao fazer uma análise do seu carro Willians. “É uma porcaria”.

Fotos Ferrari – divulgação

{n}Classificação do GP da Malásia{/n}

1º – Sebastian Vettel (ALE / Red Bull)
2º – Mark Webber (AUS / Red Bull) a 4,8 segundos
3º – Nico Rosberg (ALE / Mercedes) a 13,5 segundos
4º – Robert Kubica (POL / Renault) a 18,5 segundos
5º – Adrian Sutil (ALE / Force India) a 21 segundos
6º – Lewis Hamilton (ING / McLaren) a 23,4 segundos
7º – Felipe Massa (BRA / Ferrari) a 27 segundos
8º – Jenson Button (ING / McLaren) a 37,9 segundos
9º – Jaime Alguersuari (ESP / Toro Rosso) a 70,6 segundos
10º – Nico Hulkenberg (ALE / Williams) a 73,3 segundos
11º – Sebastian Buemi (SUI / Toro Rosso) a 78,9 segundos
12º – Rubens Barrichello (BRA / Williams) a 1 volta
13º – Fernando Alonso (ESP / Ferrari) a 2 voltas
14º – Lucas di Grassi (BRA / Virgin) a 3 voltas
15º – Karin Chandhok (IND / Hispania) a 3 voltas
16º – Bruno Senna (BRA / Hispania) a 4 voltas
17º – Jarno Trulli (ITA /Lotus) a 5 voltas
– Heikki Kovalainen (FIN / Lotus) – Abandonou na 46ª volta
– Vitaly Petrov (RUS / Renault) – Abandonou na 32ª volta
– Vitantonio Liuzzi (ITA / Force India) – Abandonou na 12ª volta
– Michael Schumacher (ALE / Mercedes) – Abandonou na decimal volta
– Kamui Kobayashi (JAP / Sauber) – Abandonou na oitava volta
– Timo Glock (ALE / Virgin) – Abandonou na segunda volta
– Pedro de la Rosa (ESP / Sauber) – Não largou

{n}Classificação dos pilotos:{/n}

1 – Felipe Massa Bra Ferrari 39
2 – Fernando Alonso ESP Ferrari 37
3 – Sebastian Vettel ALE RBR-Renault 37
4 – Jenson Button ING McLaren-Mercedes 35
5 – Nico Rosberg ALE Mercedes 35
6 – Lewis Hamilton ING McLaren-Mercedes 31
7 – Robert Kubica POL Renault 30
8 – Mark Webber AUS RBR-Renault 24
9 – Adrian Sutil ALE Force India-Mercedes 10
10 – Michael Schumacher ALE Mercedes 9
11 – Vitantonio Liuzzi ITA Force India-Mercedes 8
12 – Rubens Barrichello BRA Williams-Cosworth 5
13 – Jaime Alguersuari ESP STR-Ferrari 2
14 – Nico Hulkenberg ALE Williams-Cosworth 1
15 – Heikki Kovalainen FIN Lotus-Cosworth 0
16 – Sebastien Buemi SUI STR-Ferrari 0
17 – Jarno Trulli ITA Lotus-Cosworth 0
18 – Pedro de la Rosa ESP Sauber-Ferrari 0
19 – Bruno Senna BRA Hispania-Cosworth 0
20 – Timo Glock ALE VRT-Cosworth 0
21 – Vitaly Petrov RUS Renault 0
22 – Kamui Kobayashi JAP Sauber-Ferrari 0
23 – Lucas di Grassi BRA VRT-Cosworth 0
24 – Karun Chandhok IND Hispania-Cosworth 0