Fatec é a 1ª campeã dos Jogos Universitários de Botucatu

A Faculdade de Tecnologia de Botucatu (Fatec) é a campeã-geral dos 1º Jogos Universitários de Botucatu (JUBs). Os atletas da instituição venceram duas das três modalidades em disputa (Futebol Masculino e Voleibol feminino) e foram vices no Futsal Feminino, modalidade em que o título ficou com a Unifac.

O evento reuniu mais de mil pessoas nos ginásios da Associação Atlética Ferroviária AAF), no último sábado (28). A festa de encerramento, com a entrega da Taça Mateus Sugizaki, na Liga do Chopp, teve um público de 700 pessoas.

{n}Taça Mateus Sugizaki{/n}

A criação da Taça Transitória Mateus Sugizaki foi uma homenagem pelas conquistas do judoca como atleta universitário nos anos de 1967 e 1968. Foi uma forma de demonstrar o espírito com que a competição municipal foi criada.

O troféu transitório foi entregue ao presidente da Associação Atlética Acadêmica da Fatec Érick Esbergue pelo próprio Sugizaki, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Universitários de 1967, em Tóquio, e Campeão Mundial Universitário de Judô, em 1968.

De acordo com o diretor de Comunicação do JUBs, o jornalista José Alberto Conte Junior, a homenagem visa eternizar a história de Sugizaki. “Muitos falam que o brasileiro não tem memória e só valoriza as conquistas contemporâneas, deixando o legado e a história do esporte nacional ao esquecimento. A homenagem faz-se em virtude do desejo da organização dos Jogos universitários de Botucatu manter a competição em alto nível, valorizando a lealdade, o espírito esportivo e competitivo, sem deixar de lado a diversão, a solidariedade e, sobretudo, o respeito e a amizade”, explica

{n}Prefeito diz que JUBs é um marco no esporte{/n}

O Prefeito de Botucatu, João Cury Neto, disse que a idealização, organização e realização Jogos Universitários de Botucatu (JUBs) é um marco para a cidade. A declaração foi feita após as cerimônias de premiação das modalidades, ainda no Ginásio da AAF, no início da noite do último sábado (28).

“Tenho que parabenizar em tudo. A começar pela organização, pela capacidade de entreter e por realizar uma grande competição com alto espírito de amizade, da disputa saudável e de união”, elogia. “Se depender da Prefeitura esse foi o primeiro de muitos”, acrescenta.

Cury acredita que a competição vai se perpetuar, crescendo a cada ano. “Pelo que foi, dá para saber que essa competição só vai crescer e com certeza entrar para a história de Botucatu”, finaliza o prefeito.

Fonte e Foto: Conte Jr/Ativa Comunicação