Empresas se preparam para a 65º edição dos JOIS

Empresas de Botucatu estão se mobilizando e preparando seus atletas para participarem da 65ª edição da fase municipal dos Jogos Industriários do SESI (JOIS), de 2012. A previsão é que 20 empresas se inscrevam para competir em 37 modalidades diferentes. Os JOIS acontecem entre os meses de abril a agosto, com a participação de, aproximadamente, 3 mil funcionários/atletas.

A direção do SESI está mantendo reuniões semanais (quartas-feiras) com representantes das empresas para discutirem os pormenores da competição. Já foi definido, por exemplo, que o cerimonial de abertura será realizado no dia 20 de abril, a partir das 20 horas. Na ocasião acontece o desfile das empresas, juramento do atleta, o acendimento da pira olímpica e apresentações artísticas.

“Estamos na fase final de preparação e muitos detalhes estão sendo discutidos com os coordenadores das empresas envolvidas para que tudo transcorra da melhor maneira possível, com grandes jogos em todas as modalidades que estarão em disputa”, comentou o professor e orientador de Esportes do SESI, Rodrigo Alves Leite.

{n}Os jogos{/n}

Os Jogos Desportivos Operários tiveram sua primeira edição no ano de 1947, com jogos realizados no Estádio Municipal do Pacaembu e Cerimoniais de Abertura no Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo, tornando-se um tradicional evento comemorado no dia 1º de maio – Dia do Trabalho.

Em 1996 os Jogos Desportivos Operários mudam de nome para Jogos Operários e é criada a “Copa SESI das Indústrias”, competição estadual que reúne os vencedores dos JOIS em cada cidade do estado e o “Meeting SESI de Atletismo e Natação”, competição que reúne atletas – funcionários da indústria do estado de São Paulo e de outros estados do Brasil.

A partir de 1999, os Jogos passam a ser chamado de Jogos Industriário do SESI – JOIS. E hoje, apresentam-se como serviço de grande importância na Divisão de Esporte e Lazer, atendendo a mais de cem mil trabalhadores-atletas e duas mil empresas no Estado.

Os JOIS mobilizam trabalhadores e empresários de todo o Brasil. Tudo começa dentro da fábrica, com a formação da equipe que irá disputar alguma modalidade em âmbito municipal ou estadual (os estados de menor porte não têm etapa municipal). Os melhores colocados são classificados para a etapa regional, realizada no último trimestre dos anos ímpares. No ano seguinte, a disputa é ainda mais afunilada e ocorre em âmbito nacional.