Demissão de técnico inicia nova fase no futebol feminino

A supervisora e preparadora física Nathalia Galhote e o professor Gildo Fumes, o Gildinho, vão dirigir, interinamente, a equipe da Associação Desportiva Botucatu (ADB), depois da saída de Renato Moral (foto) do comando da equipe, após a desclassificação para as semifinais do Campeonato Paulista.

De acordo com presidente Tadeu Galhote, a demissão de Moral foi tomada em consenso pela diretoria do clube, que se reuniu e optou pela saída do técnico. Ele se despediu das jogadoras nesta quinta-feira (30), encerrando um ciclo de quase dois anos no comando da equipe.

A diretoria também decidiu manter toda a comissão técnica e além de Nathalia e Gildinho, continua com Rodrigo Deleo (preparador de goleiras) e Diogo Pereira de Souza (massagista). Também está definido que todo elenco atual de jogadoras será mantido.

“Nós só temos a agradecer tudo que o (Renato) Moral fez nesses meses ? frente do comando da equipe e torcemos pelo seu sucesso, mas foi encerrado um ciclo e estamos iniciando uma nova fase. Substituição de técnico ou troca de jogadores são comuns no futebol e é isso que estamos vivendo nesse momento”, comentou Galhote.

O presidente adiantou que não está com pressa em anunciar o nome de um novo treinador. “Estamos analisando alguns nomes, com bastante calma e sem presa. Necessariamente, essa pessoa deve estar ligada ao futebol feminino”, disse sem citar nomes. “O time estará sendo comandado pelo professor Gildinho e pela Nathalia, que fazem parte da comissão técnica e conhecem o elenco que temos. Vamos observar como as jogadoras se comportam sob o novo comando”, observou Galhote, lembrando que no mês de setembro a equipe participa do Campeonato da Liga Nacional de Futebol (LINAF).

Foto: Valéria Cuter