Campeonato de tiro recebe grande número de adeptos

 

“A presença de pessoas ao evento atendeu as nossas expectativas”. Foi o comentário do empresário Marcelo Danfenback, responsável pelo Clube de Tiros Tactical Shoot de Botucatu, sobre o I Torneio de Tiro Aberto do Instituto de Defesa realizado no estande na Estância Sofia neste final de semana dias 31 de outubro e 1º  de novembro (sábado e domingo). O evento reuniu dezenas de adeptos a esse tipo de esporte numa competição com armas de diferentes calibres e os melhores de cada categoria receberam troféus.

Competidores usaram armas  como: pistolas calibre .380,  em três diferentes modelos; pistola calibre .22;   revólver calibre .38;  e carabina de última geração calibre .22 com capacidade para  25 tiros. “O torneio seguiu as determinações e regras da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo, contando com instrutores especializados, contratados pela Tactical”, explicou Danfenback.

Ele enfatiza que o objetivo maior de campeonatos como este, é promover a confraternização entre as pessoas que gostam de praticar este tipo de esporte. “O importante é que tudo é coordenado obedecendo todas as normas se segurança. Temos com a gente um grupo de sócios (homens e mulheres) que, regularmente, comparecem ao estande para praticar e se aperfeiçoar”, colocou o empresário.

 

Clube de Tiros

Marcelo Danfenback  salientou que as pessoas que estiverem interessadas em fazer parte do Clube de Tiros (seja do sexo masculino ou feminino) e conhecer como o trabalho é desenvolvido, assim como as normas de segurança, podem se deslocar a Praça Coronel Rafael de Moura Campos – Paratodos,  fazer a sua inscrição. Também o contato poderá ser feito pelo telefone (14) 3813-1749 ou e-mail: clubedetiros@hotmail.com.br

“Mesmo aquele que nunca manuseou uma arma poderá passar por um treinamento orientado por um dos nossos instrutores que visa ensinar todos os fundamentos de como usar uma arma. Além disso, a pessoa interessada não precisa ter a arma, pois nós fornecemos todo o material necessário”, explicou.