Brasileiro de Paraglider se prolonga até o próximo sábado

A etapa final do Campeonato Brasileiro de Paraglider teve início neste domingo (17) e segue até o próximo sábado (23). O evento, organizado pela Prefeitura de Botucatu, em parceria com a escola de vôo “Na Base da Nuvem”, fecha o ranking brasileiro para este ano. Os melhores colocados formam a equipe que vai representar o Brasil no Mundial de Piedrahita, na Espanha, em 2011.

Segundo o organizador da etapa botucatuense e presidente do clube de vôo livre, Carlos Eduardo Tosetto, pouco mais de mil pessoas, entre pilotos, organização, imprensa e visitantes prestigiaram a competição no primeiro dia.

Luiz Henrique “Sabiá”, que apresenta o programa “Sabiá no Ar”, no canal fechado de esportes ESPN Brasil, e que participa do campeonato, descreveu em seu blog que o primeiro dia de competição em Botucatu começou com uma surpresa no tempo. “Com céu azul e calor forte, a organização decidiu por uma prova de 73 km. A prova foi interrompida devido a formação de uma nuvem de chuva”, conta.

A competição reúne em Botucatu a elite do vôo livre nacional e conta com a presença de recordistas mundiais de vôos a distância Frank Brown e Cecéu. Além de demonstrações de vôos duplos, apresentações de asa delta e vôos instrucionais para a população.

Marcelo Almeida, presidente da Associação Brasileira de Vôo-Livre (ABVL) elogiou a estrutura encontrada em Botucatu e homenageou, através de uma representante da empresa Sol Paraglider, a atleta Kamira Pereira, que quebrou o recorde mundial de vôo livre feminino, em novembro de 2009, quando percorreu 320,4 quilômetros após 8 horas e 21 minutos no ar.

{n}Campeonato{/n}

Botucatu é o primeiro município do Estado de São Paulo a sediar uma competição como esta. A escolha da cidade se deu graças as suas belezas naturais e por possuir uma excelente rampa para realizar o evento. A primeira etapa do Brasileiro deste ano foi realizada em Afonso Cláudio, no Espírito Santo.

Os vôos começam sempre a partir das 8 horas de domingo, na rampa “Na Base da Nuvem”, localizada na Estrada Geraldo Biral, km 5. No local do evento a população contará com lanchonete, tenda para proteção e banheiros químicos. Em 2009 Botucatu já havia sido palco do festival e da etapa Paulista de Paraglider.

Segundo Tosetto, o evento na Cidade deve reunir até o próximo dia 23 um público superior a 3 mil pessoas durante toda a semana. “O campeonato movimentará o comércio, restaurantes e hotéis e deve injetar no Município R$ 3 milhões”, contabiliza ele, que espera fazer desta etapa um chamariz para que Botucatu sedie em breve um mundial da modalidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação