Brasil vence a Colômbia, mas Neymar está fora da Copa

Foto: Divulgação

A torcida botucatuense, mais uma vez, usou a Avenida Dom Lúcio como a passarela de uma carreata em comemoração a mais uma vitória da Seleção Brasileira contra a Colômbia por 2 a 1, em partida disputada nesta tarde/noite de sexta-feira (4) na Arena Castelão, em Fortaleza. Agora o próximo compromisso brasileiro é com a Alemanha, um dos times mais temidos da competição. Jogo acontece na próxima terça-feira (8), às 17 horas, no Mineirão, em Minas Gerais.

Em meio a alegria da vitória, após o término do jogo veio a informação de que Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar em razão de uma joelhada  antes do final do segundo tempo, e está fora da Copa do Mundo (foto).  Apesar do drama, o jogador segue com o grupo e vai usar uma cinta.

Primeiro, Neymar foi examinado na clínica do estádio pelo médico José Luiz Runco. Saiu de campo na maca, chorando bastante, sem sequer conseguir andar nos primeiros momentos, e foi avaliado no Hospital São Carlos, na zona norte de Fortaleza, onde chegou também chorando, de maca, e já com medicamento na veia. A primeira previsão seria de quatro a seis semanas necessárias para a recuperação. No entanto, ainda há a necessidade de se verificar todos os resultados dos exames feitos pelo camisa 10.

 

O jogo

O Brasil fez o gol logo aos 7 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, Neymar encontrou Thiago Silva no segundo pau, enquanto a zaga colombiana se preocupava com Fred. O capitão tomou a frente de seu marcador e empurrou a bola para dentro. Era a redenção do atleta que simbolizou o famigerado desequilíbrio emocional que pautou a imprensa desde o encontro com o Chile. O Brasil teve chances de aumentar o marcador, mas o placar da primeira etapa não foi alterado.

Aos 24 minutos do segundo tempo o zagueiro David Luiz fez uma grande cobrança de falta na intermediária e aumentou o placar para 2 a 0. A Colômbia diminuiu aos 34 minutos com uma penalidade máxima convertida pelo atacante James Rodríguez.  Nos minutos finais a Colômbia tentou buscar o empate levar o jogo à prorrogação e a partida ficou mais tensa, mas a equipe brasileira conseguiu segurar o resultado que lhe colocou nas semifinais da Copa do Mundo.

Com a vitória, a barreira emocional das quartas de final também está finalmente superada. Derrotado por França em 2006 e Holanda em 2010, o Brasil não alcançava uma fase semifinal de Copa do Mundo desde 2002, quando se sagrou campeão justamente em cima da Alemanha, sua próxima adversária.

Ficha técnica

Local: Arena Castelão, em Fortaleza.
Árbitro: Carlos Velasco (Espanha)
Auxiliares: Os espanhóis Roberto Fernández e Juan Yuste
Gols: Thiago Silva (7’ do 1º tempo), David Luiz (24’ do 2º tempo)  e James Rodríguez (34’ do 2º tempo)
Cartões amarelos: Thiago Silva e Julio Cesar (Brasil); James Rodríguez e Mario Yepes (Colômbia)
Público: 60.342

Brasil Julio Cesar; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho (Hernanes), Hulk (Ramires) e Oscar;  Neymar (Henrique) e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Colômbia – Ospina; Zúñiga, Zapata, Yepes e Armero; Guarin, Sánchez, Cuadrado (Quintero) e Ibarbo (Adrian Ramos); James Rodríguez e Téo Gutiérrez (Bacca). Técnico: José Pékerman