Brasil perde para a Holanda e termina em 4º lugar

Depois de levar uma goleada histórica e humilhante por 7 a 1 da Alemanha, na última terça-feira (08) na fase semifinal da Copa do Mundo,  o Brasil fez uma despedida melancólica e decepcionante sendo derrotado por 3 a 0 na tarde/noite deste sábado (12) pela Holanda, na disputa do 3º e 4º lugares. Foram 10 gols em duas partidas.

A seleção brasileira teve sua defesa vazada aos 3 minutos do primeiro tempo, quando os europeus aproveitaram uma brecha pela lateral esquerda da equipe. Robben foi derrubado por Thiago Silva fora da área, mas caiu dentro e foi assinalado pênalti. Van Persie não perdeu e fez 1 a 0 para a Holanda.

Aos 17 minutos Blind fez o segundo gol, ensaiando uma nova derrota acachapante, desmascarando por conta própria a tese da comissão técnica brasileira de que o que ocorrera contra a Alemanha fora uma “pane de seis minutos”. Em Brasília, ela se estendeu por todo o primeiro tempo, tanto técnica quanto psicologicamente.

Na volta do intervalo o Brasil foi mais incisivo, mas sem grandes resultados práticos e as jogadas paravam na boa defesa holandesa. Aos 45 minutos a Holanda, através de Wijnaldum,  sacramentou uma das mais desastrosas participações do selecionado brasileiro em Copa do Mundo, fazendo o terceiro gol. A arbitragem foi feita pelo Djamel Haimoudi, auxiliado por Redouane Achik e Abdelhak Etchiali, todos da Argélia.

O Brasil foi escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari com Julio César; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Maxwell; Luiz Gustavo (Fernandinho), Paulinho (Hernanes), Ramires (Hulk) e Oscar; Willian e Jô.

Já a Holanda que teve no comando Louis Van Gaal jogou com Cillessen (Vorm);  De Vrij, Vlaar e Martins Indi; Wijnaldum, Blind (Janmaat), Kuyt, De Guzmán e Clasie (Veltman); Robben e Van Persie.