Brasil decepciona no futebol e perde para o México

Mais uma vez o povo brasileiro viu escapar das mãos a medalha Olímpica no futebol ao perdeu para o México por 2 a 1 e volta para casa com o amargo gosto da medalha de prata. Pior: no pódio os jogadores ficaram de cabeça baixa, desrespeitando a equipe adversária ou desalentados por perder o prêmio de R$ 190 mil (para cada jogador), prêmio que seria dado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Com a derrota para o México, o Brasil conquista sua terceira medalha de prata nas Olimpíadas. A primeira foi conquistada em 1984, nas Olimpíadas de Los Angeles (Estados Unidos), e a segunda em 1988, nos Jogos de Seul (Coreia do Sul). A seleção brasileira também conquistou dois bronzes na modalidade, uma nos Jogos Olímpicos de Atlanta (Estados Unidos, 1996) e outra em Pequim (China, 2008).

Nesta edição das Olimpíadas 2012 o algoz do Brasil foi o atacante Peralta, autor dos dois gols um deles logo aos 29 segundos de partida. A seleção de Mano Menezes teve uma atuação abaixo da crítica e o resultado poderia ter sido mais elástico se o México tivesse aproveitados as chances que criou ao longo da partida.

O Brasil que encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos de Londres com cinco vitórias em seis jogos disputados, além de 16 gols marcados e uma única derrota – justamente na decisão contra o México -, volta suas atenções agora para a Copa das Confederações, que será disputada no ano que vem, em território brasileiro.

{n}O jogo {/n}

O Brasil saiu atrás em uma falha do lateral Rafael, que recuou uma bola na fogueira para Sandro. O México roubou a bola e Peralta, com apenas 29 segundos de partida, chutou rasteiro no canto direito do goleiro Gabriel para abrir o placar. Foi o gol mais rápido da história das Olimpíadas. A seleção sentiu o golpe prematuro e demorou para se encontrar no gramado, enquanto o México parecia mais seguro e conseguiu segurar o resultado do primeiro tempo.

A Seleção voltou do intervalo, mas não conseguiu surpreender o adversário. Aos 29, após cobrança de falta da direita, Peralta subiu completamente sozinho e cabeceou no canto esquerdo para fazer 2 a 0. A seleção conseguiu seu gol de honra aos 45 minutos, com Hulk. Quando o árbitro encerrou a partida aos 49 minutos, os mexicanos comemoraram a conquista da medalha de ouro. O Brasil teve que se contentar com a prata.

Fotos: Divulgação