Botucatu terá 180 atletas dos Jogos Abertos em Santos

A delegação botucatuense formada por 180 atletas representará a Cidade na segunda divisão dos 74º Jogos Abertos do Interior. A competição, que reúne 220 municípios do Estado de São Paulo, será realizada na cidade de Santos entre os dias 4 e 14 de novembro. A abertura oficial do evento será no dia 5, ? s 18 horas, na Vila Belmiro.

No ano passado, em São Caetano do Sul, Botucatu terminou a competição em 28º lugar. Em 2010, a delegação local disputará nas seguintes modalidades: futebol (feminino), handebol (feminino), voleibol (masculino), futsal (masculino), ginástica rítmica, judô (masculino e feminino), tênis (feminino), natação (masculino), taekwondo (masculino e feminino) e xadrez (masculino feminino).

De acordo com o chefe da delegação botucatuense, Marcelo Marcolin, a expectativa neste ano é da Cidade poder ficar entre os 30 primeiros municípios colocados. “Estamos com esperança no xadrez porque ano passado conquistamos o primeiro lugar no masculino e feminino, também no futebol feminino e no futsal masculino, que trouxeram segundos lugares. Já a equipe de handebol feminino está indo reformulada e nas demais modalidades individuais também pretendemos trazer medalhas”, conta.

A participação de Botucatu nos Abertos de Santos foi garantida após o bom desempenho nos Jogos Regionais na cidade de Lins, realizados em julho passado, quando o Município obteve a terceira colocação na classificação geral da competição.

Os Jogos Abertos é considerado o maior evento esportivo do Brasil. Muitos atletas participantes dessa competição chegaram a Jogos Pan Americanos e ? s Olimpíadas. São esperadas em Santos cerca de 15 mil pessoas, entre atletas, comissões técnicas e equipes de apoio. O congresso técnico da competição, que definiu as chaves e os adversários de Botucatu, foi realizado no dia 16 de outubro na baixada santista.

{n}Confira as chaves de Botucatu:{/n}

Futebol (feminino) – Grupo “B”
Botucatu
Birigui
Presidente Prudente
Itatiba

Futsal (masculino) – Grupo “A”
Botucatu
Santana de Parnaíba
Mogi das Cruzes
Várzea Paulista

Handebol (feminino) – Grupo “C”
São Joaquim da Barra
Taubaté
Botucatu

Voleibol (masculino) – Grupo “D”
Mococa
Cerquilho
Botucatu

{n}História dos Jogos{/n}

Os primeiros Jogos Abertos do Interior foram realizados em 1936, no município de Monte Alto, e teve a cidade mineira de Uberlândia como a grande campeã.

Apenas uma vez os Jogos Abertos do Interior não foram realizados no Estado de São Paulo. Foi em 1937, na segunda edição da competição. Na ocasião, os jogos foram realizados na cidade mineira de Uberlândia, com apenas duas modalidades: basquete e natação. A cidade-sede foi mais uma vez a campeã.

No ano seguinte, em 1938, os Jogos Abertos do Interior foram realizados em Sorocaba, com inclusão do atletismo. Uberlândia sagrou-se tricampeã dos Jogos, marcando assim a sua última participação.

Os Jogos Abertos do Interior passaram a ter caráter oficial em 1939, quando a competição foi realizada em Campinas. Edmundo Carvalho, que era o diretor do Departamento Estadual de Educação Física, conseguiu a oficialização da competição junto ao Governo do Estado.

A medida acabou desagradando o idealizador dos Jogos, Baby Barioni, que, vítima de pressões políticas e incompreendido por alguns setores do esporte, acabou marginalizado. Os ideais de Baby Barioni só foram oficialmente reconhecidos por ocasião dos 30º Jogos Abertos do Interior, em 1965, realizado em Santos, quando foi homenageado por esportistas e dirigentes.

Desde 1936, os Jogos Abertos do Interior só não aconteceram uma única vez. Em 1989, uma greve de professores na rede estadual e a consequente necessidade de reposição de aulas impediram que as escolas estaduais pudessem ser cedidas para alojamentos. Tanto as escolas estaduais quanto as municipais são fundamentais para que uma cidade tenha condições de abrigar os jogos.

{n}Campeãs{/n}

Apenas dez cidades tiveram a alegria de comemorar o título geral dos Jogos Abertos do Interior. A maior vencedora é a cidade de Santos. Das 73 edições realizadas até agora, o município do litoral tem 25 títulos. Em segundo lugar, vem a cidade de São Caetano do Sul com 13 e Santo André, com 12 títulos, seguido de Campinas com 10. Guarulhos foi a grande vencedora em seis edições da competição.

A cidade mineira de Uberlândia, que disputou os Jogos Abertos apenas em suas três primeiras edições de 1936 a 1938, foi campeã três vezes. Com um título cada aparecem Ribeirão Preto, São Bernardo do Campo, Jundiaí e São José dos Campos. De 1997 a 2009, São Caetano do Sul só não conquistou o título de campeã em 2003, quando Santos conseguiu quebrar a hegemonia da cidade do ABC.

Fonte: Secretaria de Comunicação