Botucatu tem chave complicada no Paulista Feminino

Não será nada fácil a vida da equipe Associação Botucatuense de Desportos (ABD), na segunda fase do Campeonato Paulista Feminino. A equipe caiu no Grupo 3, que tem além de Botucatu, o Santos, AD Centro Olímpico de São Paulo e Rio Preto.

Os jogos serão de ida e volta e classificam-se para o quadrangular final as duas melhores equipes de cada grupo. Botucatu estreia na tarde no dia 28, ? s 15 horas, jogando em casa, no Estádio “Acrísio Paes Cruz”, da Associação Atlética Ferroviária (AAF), contra Rio Preto. Já no Grupo 4 ficaram São José EC, Ferroviária de Araraquara, EC Francana e Portuguesa de Desportos.

“Em um campeonato difícil como este não dá para ficar escolhendo adversários. Todas as equipes se equivalem, mas apenas duas de cada grupo se credenciam para disputar o quadrangular final. Esperamos estar entre elas. Agora temos que estar focados neste fase e esquecer o que passou. Sabemos que a classificação não será nada fácil, mas todas as equipes entram para esta fase em igualdades de condições e futebol se ganha em campo”, comentou o técnico de Botucatu, Renato Moral.

Já a outra equipe que representa a região, o América de São Manuel que estava na mesma chave de Botucatu e terminou na quinta colocação na classificação, ficou fora desta fase. Dos últimos nove pontos disputados pela equipe do técnico Edson Castro, o time faturou apenas quatro e viu o rival regional, ABD Botucatu ficar com a quarta vaga, com 28 pontos, enquanto o clube ficou com 27.

Para o técnico Edson Castro, não foram os últimos compromissos que atrapalharam o time, mas sim os tropeços no começo do campeonato. “Em minha opinião, nós bobeamos no início da disputa. Todos sabiam que enfrentaríamos concorrentes diretos nessa reta final e a falta de pontos atrapalhou muito. Além disso, a média de idade das nossas atletas é muito baixa. Essa falta de experiência também fez diferença”, ponderou.

Nosso trabalho, prossegue Castro, é a longo prazo. “Vou continuar até o fim do ano já me preparando para o próximo estadual. No ano que vem teremos bastantes chances de colher os frutos pelo planejamento realizado neste ano”, concluiu.