Botucatu sedia 5º Torneio de Voleibol da Fundação CASA

Fotos: Valéria Cuter

Nesta quinta-feira (21), o Ginásio Municipal de Esportes “Dr. Mário Covas Júnior”, sediou a etapa classificatória do 5º Torneio Estadual de Voleibol da Fundação CASA (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), que contou com a participação de internos das unidades da Fundação Ribeirão Preto; Irapuru, de Marília e Rio Novo, de Iaras. A unidade de Botucatu não está disputando o torneio.

As equipes jogaram entre si e a campeã foi a representante de Iaras, que se credenciou para disputar a semifinal estadual prevista para acontecer no ginásio poliesportivo do Sport Club Corinthians Paulista, no mês que vem, contra unidades campeãs de outras regiões do Estado.

No primeiro jogo Irapuru venceu Ribeirão Preto por 2 a 1 (19/25, 25/13, 15/13). Na sequencia Ribeirão Preto sofre nova derrota para Iaras por 2 a 0 (25/09 e 25/08). Na decisão Iaras venceu Irapuru por 2 a 0 (25/19 e 25/14) sagrando-se campeã.

Carlos Alberto Robles, gerente da área de Educação Física da Fundação CASA, revela que o espírito do torneio é buscar a integração entre os internos das mais diferentes unidades e dar oportunidade para que eles possam praticar esportes.

“O resultado é muito satisfatório e os internos se dedicam nos treinamentos para melhor representarem suas respectivas unidades. Além do esporte, a Fundação também conta com atividades diversas na área cultural e cursos profissionalizantes”, coloca Robles.

Esteve presente no torneio o ex- jogador do Corinthians, Zé Maria, que há 13 anos presta ajuda ? Fundação como assistente de direção. “A sociedade não pode fechar os olhos e negar a oportunidade para que esses jovens busquem a recuperação e possam ser reintegrados ? sociedade. A prática de atividades esportivas é muito importante nesse processo”, frisa Zé Maria. “É uma obrigação da sociedade buscar alternativas com o propósito de tirar os jovens do submundo da criminalidade”, complementou o ex jogador corintiano.