Botucatu pronta para a última etapa do Arena Cross

Já está em fase de acabamento a estrutura para realização da etapa de encerramento da temporada 2013 do Arena Cross. As provas noturnas estão marcadas para acontecer dia 23 de novembro, ? s margens da Rodovia João Hipólito Martins – Castelinho (km 19,5). A Romagnolli Promoções e Eventos empresa que é radicada em Botucatu está prometendo uma grande festa para coroar a temporada e comemorar o retorno do evento ? cidade de Botucatu depois de cinco anos.

Pista conta com um traçado de 400 metros de extensão para as disputas finais das categorias Júnior, 65cc e 50cc. As categorias MX-Pró e MX2, já tem seus campeões da temporada, por antecedência.

Na Júnior, Enzo Lopes é o principal candidato ao título. O piloto tem 72 pontos no campeonato e pode terminar a prova até na 12ª posição que garante o primeiro lugar na classificação geral. “Vou lutar para ganhar em Botucatu para não dar chance de carimbarem minha faixa. Estou treinando nas pistas e também a parte física. Quero muito esse título”, diz confiante. O norte-americano Ramyller Alves é o segundo colocado, com 55 pontos.

Renan dos Santos, conhecido como Japinha, é o piloto a ser batido na categoria 65cc. Após vitória na última etapa, Japinha assumiu a liderança com 71 pontos. “Estou me preparando bastante e quero conquistar o título. Posso até terminar a prova em terceiro que sou o campeão da temporada, mas meu objetivo é brigar pelo primeiro lugar”. O principal adversário, Leonardo Nunes, terminou a corrida em Recife (PE) na quarta posição e se tornou o vice-líder, com 65 pontos.

A disputa da categoria 50cc promete ser ainda mais emocionante. Os pilotos Gabriel Andrigo e Diogo Nascimento estão com a mesma pontuação na classificação geral: 74 pontos. “Tenho treinado bastante e estou muito confiante para a última etapa. Vou me esforçar ao máximo para conquistar meu primeiro título do campeonato”, declara Gabriel, vice-campeão da temporada passada.

Diogo Nascimento também está confiante na conquista do título. “Estou me preparando bem e tenho treinado em pistas como a do Arena Cross para não ter surpresas no dia da prova. Estou cuidando também da parte física, praticando exercícios”, afirma. Devido ao critério de desempate – vitória na última etapa realizada – Gabriel é o líder.

Leandro Romagnolli, diretor de marketing, salienta que o objetivo da organização é construir uma pista técnica, com uma terra um pouco arenosa. “Várias sequências foram pensadas para dar opções de traçados e ultrapassagens aos pilotos. A iluminação terá 200 mil watts em todo circuito, com áreas reservadas para arquibancadas, camarotes, sala de imprensa, cronometragem e secretaria de prova”, enumera Romagnolli.