Botucatu é vice-campeã da Copa TV TEM de Futsal

Fotos: Luiz Fernando Um bom público esteve presente no Ginásio ”Panela de Pressão”, em Bauru, na noite de sexta-feira (9), para acompanhar a partida final da Copa TV TEM de Futebol de Salão, entre as equipes de Botucatu, representada pela Associação Atlética Botucatuense (AAB) e Bauru/São Paulo Futebol Clube. Na primeira partida da decisão, realizada no ginásio da Associação Atlética Ferroviária (AAF), em Botucatu, no dia 06, as equipes empataram em 4 a 4. Antes do início da partida houve uma polêmica. Isso porque nos jogos anteriores (inclusive a primeira partida da decisão), o cronômetro não foi interrompido quando a bola estava parada. Entretanto, para a final, essa regra mudou e o jogo foi cronometrado, tornando o jogo mais longo, Com isso a equipe de Bauru, com melhor preparo físico, levou vantagem. Isso ficou muito bem caracterizado no segundo tempo da partida. O jogo começou movimentado e Botucatu abriu o marcador logo aos 01:56 com Bravim. Na sequência Bauru fez três gols em menos de um minuto: 03:20 com Luiz Negão; 03:44 com Fininho e aos 4:18 novamente com Luiz Negão. Botucatu reagiu e empatou com dois gols de Boquinha (04:27 e 14:12). Porém, aos 16:20. Fininho fez seu segundo gol para Bauru e o primeiro tempo terminou com a equipe da casa em vantagem: 4 a 3. Se no primeiro tempo o jogo foi bastante equilibrado, na etapa derradeira a equipe de Botucatu não se encontrou na quadra. Melhor para Bauru que foi marcando seus gols com Lucas Abud (03:41); Gustavo (06:25); Luccas (09:11); Gedson (13:06); e Luiz Negão (17:33), construindo o resultado final em 9 a 3. O técnico de Botucatu Paulo Barros escalou Botucatu com Buzuca, Cesinha, Tilico, Gustavo e Bravin, deixando como opção de banco: Wesley, Diego, Boquinha, Marcão Valério, Leonardo, Matheus Moraes e Matheus Fioretto. O jogador Marcão Valério foi expulso aos 11:44 do segundo tempo, por agressão mútua com Fininho, ala de Bauru. Já o técnico de Bauru/São Paulo, professor André Luiz entrou em quadra com Luccas, Gedson, Lucas Abud, Fininho e Luis Negão e teve quatro jogadores no banco: Alemão, Fabinho, Lucas Cafú e Maurílio. A equipe ainda teve dois jogadores expulsos: Lucas Cafú aos 07:24 do primeiro tempo por jogo violento e Fininho aos 11:44 do segundo tempo, por agressão mútua com o jogador Marcão Valério, de Botucatu.