Botucatu é ouro na luta olímpica dos Jogos Abertos

A cidade de Botucatu encerrou sua participação na 76ª edição dos Jogos Abertos do Interior (segunda divisão), realizada em Bauru nesta sexta-feira (23) com a conquista de mais quatro medalhas. A tão esperada medalha de ouro veio na luta olímpica com o atleta Rafael Oliveira, na categoria até 55 kg. O atleta botucatuense venceu três lutas contra Santo André, Santos e Mogi das Cruzes.

Rafael, afirma que todas as lutas foram difíceis, já que a equipe de Botucatu na modalidade é recente e só fez três treinos antes da competição. “A conquista da medalha de ouro foi muito importante para nossa cidade. Na final venci um atleta de nível olímpico”, conta.

Ainda na mesma modalidade, Botucatu garantiu a medalha de bronze na categoria até 84 kg com Bruno Morato que realizou quatro lutas contra Santos, Mogi das Cruzes e Catanduva. Na quarta colocação ficou o atleta Redson Oliveira que lutou com Rio Claro e Santos.

Bruno Morato conta que Botucatu ficou na oitava colocação geral da modalidade nos Jogos com a equipe formada por três atletas desbancando cidades com mais de dez competidores. “Devido a nossa performance nós três fomos convidados a participar de uma seletiva da marinha na próxima semana no Rio de Janeiro para representar o Estado de São Paulo. Após esta seletiva sairão vinte atletas para compor a equipe brasileira da modalidade”, relata.

{n}Medalhas de prata{/n}

Na decisão do futebol feminino livre Botucatu ficou com a medalha de prata após ser derrotada por Cotia nos pênaltis, por 4 a 1. No tempo normal e na prorrogação o jogo ficou empatado em 0 a 0. Na oportunidade, a jogadora Bruna Reche perdeu o primeiro pênalti botucatuense chutando para fora. Em seguida Bruna Flor marcou para a Cidade e na sequência Jujuba bateu mas a goleira do time adversário fez a defesa e logo em seguida ela converteu a sua penalidade decretando a vitória de Cotia e o título da campeã da competição.

Segundo o técnico de Botucatu, Luis Fernando Barros Pereira, o jogo foi muito equilibrado e a equipe lutou até o final. “Nós tivemos algumas chances de definir a partida, mas infelizmente fomos para prorrogação e perdemos na cobrança de pênaltis. Só tenho a agradecer e parabenizar toda a nossa equipe que lutou durante toda a competição”, enfatiza.

Este foi o terceiro ano consecutivo que o time de Botucatu chegou na disputa pelo ouro na competição. Em 2011 a equipe bateu Cotia na fase final dos Jogos Abertos e conquistou a medalha de ouro. Já em 2010 as meninas botucatuenses ficaram com o vice-campeonato depois de serem derrotadas pela equipe de Franca.

A outra medalha de prata de Botucatu nos Jogos Abertos foi conquistada pela equipe de xadrez masculino após vencer a cidade de Barrinha por 2,5 a 1,5. Segundo o técnico da equipe, Vinícius Cardoso, a conquista foi emocionante já que no início da rodada a expectativa era ficar com o quarto lugar. “Estávamos enfrentando a equipe campeã da competição e queríamos pelo menos o empate. Porém, conseguimos a vitória e após Mogi das Cruzes empatar com Itú e Guarujá perder para Santo André ficamos com a segunda colocação”, explica.

A equipe de xadrez masculino comandada por Vinícius Cardoso é composta pelos atletas Horácio Saldaño, Paulo Jatobá, Joaquim de Deus, Marcelo Coimbra, Nelson Toru e André Jacóia.