Botonista da Botucatuense é a única mulher federada

Atleta quebrou mais um tabu e marcou seu nome na história ao conquistar, em Americana, a primeira medalha feminina em competição de nível estadual

 

Atleta de futebol de mesa da Associação Atlética Botucatuense (AAB), Helena Pires, é a única praticante da modalidade que disputa competições oficiais da Federação Paulista de Futebol de Mesa (FPFM). Em novembro, Helena quebrou mais um tabu e marcou seu nome na história ao conquistar, em Americana, a primeira medalha feminina em competição de nível estadual.

A notícia foi divulgada em destaque na página no facebook da FPFM: “A atleta botonista Helena conquistou o sétimo lugar na série bronze e fez história! Primeira mulher a conquistar uma medalha em competições oficiais da FPFM”, diz a mensagem que ainda a parabeniza pelo esforço e amor ao esporte. “Esperamos que você possa inspirar outras mulheres a praticar o ‪#‎futmesa”, finalizou o texto.

Helena, com 54 anos tem dois filhos que, segundo ela, sempre a apoiaram. Decidiu se federar em 2014. “O futebol de mesa é um esporte que exige muita estratégia, você tem que estudar o adversário. Acredito que é muito semelhante ao xadrez”, compara. Sobre o fato de ser a única mulher competindo, ela tira de letra.

“Quando comecei a treinar em São Paulo fui muito bem acolhida por todos. Porém, confesso que sofri com o preconceito aqui no interior, mas isso não diminuiu meu entusiasmo pela modalidade”, diz. A intenção da FPFM é implementar no futuro uma categoria feminina. Assim, a participação da atleta da AAB serve de incentivo para outras mulheres. Enquanto isso, ela não vai deixar de competir com os “marmanjos”. “O céu é o limite”, garante.