Atleta do jiu jitsu quer se aperfeiçoar para competições

Em qualquer modalidade, para se formar atletas para o futuro, é necessário um investimento nas categorias de base. É nela que os competidores se destacam e são trabalhados para as competições. E uma modalidade que vem sendo bastante procurada por jovens na adolescência é o jiu jitsu.

Esse esporte é uma arte marcial japonesa, porém de origem indiana, que utiliza alavancas e pressões para derrubar, dominar e submeter o oponente, tradicionalmente sem usar golpes traumáticos. Usa-se a força (própria e, quando possível, do próprio adversário) em alavancas, o que possibilita que um lutador, mesmo sendo menor que o oponente, consiga vencer.

Entre atletas que estão em ascensão em Botucatu está Bianca (Bia) Paes, que completou 15 anos, recentemente, adotando o jiu jitsu como esporte favorito. Treinada pelo professor Anderson “Banana” Silva, da Academia Miquinho (também treinador de Jéssica Cristina Santos, que irá disputar o Mundial em Dubai), ela pretende seguir carreira nesse esporte.

“Na verdade, me identifiquei com o jiu jitsu e pretendo me aperfeiçoar cada vem mais e quem sabe poder representar minha cidade em diferentes competições. Espelho-me na Jé (Jéssica Cristina dos Santos) que é uma grande competidora e vai representar o Brasil no Mundial. Vontade de aprender e determinação não me faltam”, disse Bia Paes.

Para ela, o jiu jitsu é uma alternativa esportiva interessante para participantes de todas as idades e um dos poucos esportes de contato onde o mais fraco pode derrotar o mais forte, usando técnicas específicas de combate. Deixa claro que não se pratica o esporte para usar na rua.

“Pelo contrário, um dos fundamentos do jiu jitsu é para defesa pessoal e só é usado em último caso. A gente só usa se for atacada. Em competições é diferente, pois os oponentes são preparados para este fim e vence quem estiver mais preparado”, ensina Bia. “Por tudo isso é que o jiu jitsu é hoje um dos esportes mais procurados e praticados no Brasil”, complementa a atleta em ascensão.