Atleta de Botucatu sagra-se campeã de vale-tudo

O desempenho da atleta Jéssica Cristina nesse final de semana foi bastante comemorado pela equipe Miquinho JJ, aonde realiza seus treinamentos diários. Ela sagrou-se campeã do Iron Cage Combat, da Mixed Martial Arts (MMA), esporte conhecido como vale tudo e que mais cresce no mundo.

O Iron Cage Combat foi realizado no Ginásio Luso, de Bauru e contou na sua programação oficial com 11 lutas, sendo uma delas na categoria feminina até 60 quilos, onde Jéssica enfrentou Nicole Maion, da equipe Barrateam, em confronto programado para três rounds de cinco minutos cada.

Quando o árbitro autorizou o início da luta, Jéssica partiu decidida pra cima da adversária encaixando bons golpes levando a oponente ao chão. Rapidamente, Jéssica dominou sua adversária no solo e aplicou um golpe conhecido como mata-leão (enforcamento), encerrando a luta aos 28 segundos do primeiro round, tornando-se a primeira mulher da região a ser campeão do MMA.

Esta competição possui regras de acordo com as realizadas no evento do UFC Internacional e a especialidade de luta da botucatuense Jéssica Cristina é o jiu jitsu, que é uma luta feita, basicamente, no solo. “Minha especialidade é jiu jitsu, mas estou me aperfeiçoando na luta em pé, assim como na troca de golpes superior e inferior nos treinamentos que faço com os professores da Academia Miquinho”, revelou Jéssica.

O professor Anderson Banana, responsável pelos treinamentos de Jéssica diz que a equipe só participa de eventos de lutas programadas por federações e confederações, que possuem regras e profissionais capacitados para promover o evento.

“O mesmo tem que ser seguido por iniciantes que procuram praticar uma modalidade de luta, deve saber as origens da equipe e dos profissionais formados e capacitados pela mesma. A Jéssica é um exemplo disso e acredito que ela conseguirá ir longe, pois é aplicada nos treinamentos e tem uma força de vontade incrível. Vamos ouvir falar de Jéssica outras vezes”, prevê Banana.