Árbitro botucatuense abandona carreira no futsal

Neste domingo, foi realizado no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, testes físicos da Confederação Brasileira Federação Paulista de Futebol de Salão (CBFS) e aprimoramento, visando a temporada 2013. Ao invés de participar dos testes para compor o quadro de árbitros, o botucatuense Beto Pavão, anunciou seu desligamento de todas as atividades de arbitragem de futsal.

Pavão se dedicou ao futebol de salão de São Paulo durante 10 anos com muito trabalho, estudo e principalmente dedicação ao esporte. “Percebi que perdi o brilho no olhar ao entrar numa quadra de jogo”, disse. “Atletas e dirigentes mal educados, equipes tentando a cada segundo encontrar arestas em nosso trabalho, provocando forçadamente o erro para que suas equipes alcancem vitórias e classificações que não têm condições técnicas de obter”, emenda.

Outros motivos que contribuíram para que Pavão a desistisse do futsal foram as longas viagens, fins de semana e feriados longe da família; “Obtive nesses longos 10 anos, incontáveis felicidades e algumas decepções e levo, com certeza, nesse momento um saldo muito positivo do meu trabalho”, disse.

Por fim ele agradece a Liga Botucatuense de Futsal (LBFS), Federação Paulista e Confederação Brasileira por cada momento, cada lugar e, principalmente, cada amigo que o esporte lhe proporcionou. “Desejo a todos que ficaram que continuem com sua luta diária e que nunca deixem de acreditar no caráter, na formação e na verdade”.