Amazona de Botucatu vai participar de Mundial de Horseball

A amazona Ingrid Wirtz, de 29 anos, que treina no Centro Hípico Monte Olimpo em Botucatu foi convocada para participar do Mundial de Horseball, evento realizado a cada quatro anos.  Neste ano a competição será realizada de 14 a 20 de  agosto na cidade de Ponte de Lima, Portugal e já estão confirmados 12 países que levarão times do sub 16, Feminino e Pró Elite (que pode participar homens e mulheres).

Para escolher os times que representarão nosso país na categoria Feminino e Pro Elite, os atletas precisaram participar de 3 seletivas nas quais tiveram que mostrar seu melhor desempenho em táticas de jogo, bons arremessos, ramassage (pegar a bola no chão sem desmontar o cavalo), defesas e ataques perfeitos. Concluindo as seletivas com sucesso a Botucatuense Ingrid foi convocada para fazer parte do time feminino de horseball do Brasil.

Ingrid treina hipismo há 17 anos e é bicampeã nacional de salto. “No horsrball estou há menos de um ano e com muita dedicação e treino consegui a tão sonhada vaga para o mundial. Estar em Portugal, vestir a camisa do meu país, escutar o hino nacional em campo, vai ser uma sensação incrível, já estou com aquele friozinho na barriga. Agora é focar ainda mais nos treinos e dar o melhor de mim lá fora”, disse Ingrid ao Acontece Botucatu.

Sobre o Horseball

O horseball nasceu na França, nos anos 70.  Duas equipes, de quatro jogadores cada em campo, mais dois reservas cada equipe, participam de um jogo de horseball, necessitando apanhar a bola do chão, sem desmontar. Tendo a posse de bola, a equipe precisa efetuar três passes, entre três jogadores diferentes, antes de poder marcar o gol que fica em uma altura de 3,5 metros do solo. Através de um jogo de ataques e defesas, as equipes procuram marcar gols nas balizas colocadas nas extremidades do campo, que tem uma dimensão de 65 x 25 metros.