ADB vence derby regional de futebol com gol de placa

Fotos: Valéria Cuter

Com um gol considerado de placa anotado pela meio campista Jeh aos 31 minutos do segundo tempo, a Associação Desportiva Botucatu (ADB) derrotou o América de São Manuel em jogo considerado o derby da região em razão da rivalidade entre as duas equipes. A partida foi válida pela 7ª rodada do Campeonato Paulista.

Os dois times entraram em campo em situações adversas. De um lado Botucatu do técnico Renato Moral, líder isolada do Grupo 1 com 16 pontos ganhos em seis jogos disputados e com a classificação, praticamente, assegurada para a segunda fase. Do outro a equipe do América orientada pelo professor Edson Castro, na terceira colocação do Grupo 1 (atrás de Francana) com apenas sete pontos e precisando da vitória para tentar sua classificação para a fase seguinte.

No primeiro tempo salvo alguns lances de perigo de gol criados pelas duas equipes, o jogo ficou concentrado no meio de campo com as atletas exercendo forte marcação e o primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

No segundo tempo, antes de completar 10 minutos de jogo a zagueira de Botucatu Aline cometeu falta na atacante Marcela e foi expulsa de campo. Mesmo com uma jogadora a menos, Botucatu passou a dominar as ações da partida e por várias vezes levou perigo ao gol adversário.

Aos 31 minutos a meio campista Jeh percebeu a goleira sãomanuelense adiantada e deu um toque sutil de pé direito, fazendo um bonito gol por cobertura. As meninas de São Manuel não conseguiram reverter o placar e Botucatu subiu para 19 pontos, mantendo a liderança isolada do grupo.

Botucatu foi escalado por Renato Moral com: Renatinha; Carol Gaúcha, Aline, Marina (Beiço) e Ariane (Jeh); Bruninha, Anne, Massarotto e Grace; Rafa e Tika. Ficaram como opção de banco: Sara, Toddy, B2, Paloma e Denise. As atletas Pepe, Fran e Jujuba desfalcaram a equipe por contusão.

Já São Manuel jogou com Ariana; Maria, Marrom, Geize e Valéria; Laisy, Loira, Pri e Marcela (Mineira); Glenda e Marcelinha. O técnico Castro ainda manteve no banco as jogadoras Vanessa. Mariana, Paula, Amandinha, Amanda Marques e Dih.

A partida foi comandada pela árbitra Regildenia Moura tendo como auxiliares Alexandra Rodolfo e Maria Andréa Silva, que tiveram uma boa atuação.