Secretaria de Saúde promove campanha para erradicação de casos de hanseníase e verminoses

campanha-3-bichosA Prefeitura Municipal de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Diretoria de Ensino, realiza neste mês de outubro a “Campanha dos 3 Bichos”, promovida pelo Ministério da Saúde. Nela são priorizadas ações de prevenção, informação e educação sobre a hanseníase, o tracoma e a geo-helmintíase (verminoses).

Essas três doenças aparecem em situações de higiene inadequada e em que o saneamento básico é ineficiente. São chamadas de “doenças em eliminação”, pois já deveriam ter sido erradicadas do País. O objetivo da campanha é realizar a busca ativa de possíveis casos dessas doenças entre crianças e adolescentes de 5 a 14 anos.

Em Botucatu são desenvolvidas ações de prevenção e tratamento apenas da hanseníase e a geo-helmintíase (verminoses), com os alunos das escolas Angelino de Oliveira, Euclides de Carvalho Campos (Cevila), Raul Torres, Elda Moscogliato, Luiz Carlos Aranha Pacheco e Dom Lúcio Antunes de Souza. A meta é abranger nesta campanha mais de 2 mil alunos.

No início da campanha são ministradas palestras nas escolas, e no decorrer dela são esclarecidas dúvidas sobre sinais, sintomas, prevenção e tratamento dessas doenças o mais precoce possível. Vale lembrar que ano passado Botucatu foi certificada por alcançar nota máxima no desempenho dos indicadores de avaliação da endemia hansênica.

Hanseníase

Trata-se de uma doença crônica, infectocontagiosa, causada por um bacilo capaz de infectar grande número de indivíduos, embora poucos adoeçam. É uma das doenças mais antigas que se tem registro na história e que se manifesta pela presença de manchas avermelhadas, esbranquiçadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo com alteração da sensibilidade térmica, dolorosa e tátil. É transmitida principalmente pelas vias respiratórias.

A busca ativa é feita com a distribuição de fichas de autoimagem, que contém um desenho do corpo humano. Nestas fichas os pais ou responsáveis marcam as lesões existentes na pele da criança e respondem a um breve questionário. Os alunos com lesões identificadas na pele são encaminhados à Rede Básica de Saúde para exame médico, confirmação ou exclusão do diagnóstico.

Verminoses (geo-helmintíases)

As verminoses são parasitoses intestinais. Os principais sintomas são: cólicas abdominais, vômitos, anemia, perda de peso, apendicite aguda, fraqueza e cansaço. Estima-se que a prevalência, no País, varie de 2% a 36%, mas podendo alcançar 70% na população escolar, principalmente nos municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano – IDH. O tratamento é realizado à base de Albendazol, medicamento que é administrado apenas mediante autorização prévia dos pais.