Reitor da Unesp participa da inauguração no Instituto de Biociências

inauguração_fisiologia_foto1O reitor da Unesp, Julio Cezar Durigan, esteve no Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, na última sexta-feira, 19 de agosto. Durigan foi recepcionado pela diretora e vice-diretor do IB, Maria Dalva Cesario e Wilson de Mello Junior. Em seguida, ele visitou alguns espaços que foram reformados ou começaram a funcionar recentemente. Entre esses locais que o reitor teve a oportunidade de conhecer estiveram o prédio da Administração do IB; a Sala Santander, inaugurada no dia anterior; o Anfiteatro e o Espaço IB de Eventos; salas de aula e laboratórios do Departamento de Microbiologia e Imunologia; e sala de conferências.

A visita de Durigan foi encerrada com sua participação na inauguração do novo prédio do Departamento de Fisiologia do IB. A chefe desse setor, Clélia Akiko Hiruma Lima, abriu os discursos da cerimônia enfatizando a trajetória do Departamento. “Para mim, é uma honra estar representando o Departamento de Fisiologia nesse momento em que temos aqui reunidos os diversos profissionais que fizeram parte dessa história desde a sua criação. Ao longo desses 39 anos de existência, nosso Departamento cresceu e, durante esse crescimento, tivemos várias oportunidades de vivenciar situações de muita alegria, mas também momentos de dificuldades”, disse Clélia.

inauguração_fisiologiaComo conquistas, ela destacou o crescimento do número de docentes, de laboratórios, linhas de pesquisa e captação de recursos. Em relação às dificuldades, ela expos o espaço reduzido e instalações inadequadas do prédio anterior para que se pudesse, por exemplo, instalar novos equipamentos.

“O ano de 2010 foi o grande marco para a história do Departamento, pois foi nesse ano que tanto a Congregação como a Diretoria e a Reitoria se sensibilizaram com as nossas reivindicações”, lembrou a chefe do Departamento de Fisiologia. “Hoje temos um Departamento sólido em todos os sentidos, com um quadro de 14 docentes, quatro servidores técnico-administrativos, 10 doutorandos, 12 mestrandos, 52 alunos de iniciação científica (graduandos e do Ensino Médio) e um pós-doutorando. Nossos docentes ministram disciplinas em nove cursos de graduação e cinco cursos de pós-graduação, exercem suas atividades de pesquisa com destaque nas mais diversas áreas da fisiologia e do comportamento animal”, acrescentou a professora Clélia.

A diretora do IB destacou as lutas e o papel desempenhado pelos que trabalharam para que essa obra fosse concretizada, além das condições proporcionadas pelo novo espaço aos que atuam no setor.

“Estamos vivenciando mais um momento histórico para o IBB: a inauguração de um prédio bastante ansiado pela necessidade que se fazia já de longa data. A luta de todos os membros deste departamento aliada aos esforços das gestões do IB hoje se vê coroada pela vitória”, disse Maria Dalva. “O departamento tem hoje um prédio com 1.450,00 m2 aumentando em relação ao anterior em quase 90% e vale ressaltar que todos os docentes estão agora muito bem instalados em seus escritórios e com laboratórios construídos dentro das exigências legais, portanto modernos e bem equipados”, acrescentou a diretora do IB.

Segundo Maria Dalva, o valor total da obra foi de R$3.233.246. Ela ainda ressaltou a alegria em receber na solenidade servidores técnico-administrativos e docentes aposentados, os quais foram homenageados com placa comemorativa e participaram de plantio de árvore.

Em seu discurso, o reitor da Unesp disse que considera os recursos humanos, infraestrutura e custeio três pilares fundamentais para o pleno desenvolvimento de uma universidade.

A atuação do IB no desenvolvimento de pesquisas e captação de recursos e a contribuição da unidade para a Unesp foram aspectos salientados na fala de Durigan. “Para a Unesp, o IB foi fundamental, é um exemplo de unidade”, afirmou o reitor.

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Instituto de Biociências