Morre, aos 85 anos, o professor Álvaro Oscar Campana

Docente tinha experiência na área de nutrição, com ênfase em bioquímica da nutrição.

alvaro-campanaNa tarde desta terça-feira, 12 de julho, faleceu na cidade de São Paulo o professor emérito da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), Álvaro Oscar Campana. O docente tinha 85 anos de idade e era vinculado ao Departamento de Clínica Médica da Instituição. O velório está sendo realizado nesta quarta-feira, 13 de julho, até às 14 horas, no cemitério de Vila Mariana em São Paulo, e o corpo será cremado no crematório de Vila Alpina, na própria capital.

Professor Campana era formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Convidado a organizar a área de Clínica Médica da antiga Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (FCMBB), foi contratado como professor regente desta disciplina em março de 1967. Nesta instituição (FCMBB, atual FMB) foi chefe do Departamento de Clínica Médica durante dez anos, participando ativamente da ampliação do corpo docente, da organização das tarefas didáticas e orientação dos trabalhos de investigação científica, das enfermarias e unidades técnicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) e da criação das disciplinas constituintes do departamento. Recebeu o título de professor emérito da FMB/Unesp em 2001.

O docente tinha experiência na área de nutrição, com ênfase em bioquímica da nutrição, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação do estado nutricional, doença pulmonar obstrutiva crônica (dpoc), antropometria, composição corporal e sódio.

A Diretoria da FMB/Unesp apresenta à família as condolências.