Alunas do IB são premiadas em evento sobre câncer

Elas apresentaram pesquisas de iniciação científica em curso promovido pelo A.C. Camargo

carolinebarquilha_juliamoralesA graduanda Caroline Nascimento Barquilha, do curso de Ciências Biológicas do Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, recebeu o “I Prêmio A.C. Camargo de Jovens Pesquisadores” pela apresentação do trabalho “Sulfiredoxina: um potencial alvo terapêutico para o câncer de próstata avançado”, que teve orientação do professor Sérgio Luís Felisbino e coorientação da professora Flávia Karina Delella, ambos docentes do Departamento de Morfologia.

O estudo contemplou amostras de diferentes fases de progressão do cancro da próstata em dois tipos de camundongos. Os dados foram cruzados com resultados obtidos em pesquisas com humanos com o intuito de identificar genes de expressão associados ao câncer, principalmente relacionados ao estresse oxidativo.

Já a estudante Júlia Andrade de Pessoas Morales, do curso de Ciências Biomédicas, obteve o segundo lugar e recebeu menção honrosa pelo trabalho”Alterações na expressão em um painel de genes em câncer de pulmão de células não pequenas”, orientado pela professora Patricia Pintor dos Reis, do Departamento de Cirurgia e Ortopedia da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB/Unesp) e coorientado pelo professor Robson Francisco Carvalho, do Departamento de Morfologia do IB.

A pesquisa abrangeu amostras de adenocarcinoma e carcinoma de células escamosas. Os tumores primários e tecidos pulmonares histologicamente normais foram obtidos de 28 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico no Hospital das Clínicas de Botucatu, O estudo sugere que o gene SATB2 é um biomarcador potencial na tumorigênese pulmonar.

s trabalhos foram apresentados durante o “II Curso de Biologia do Câncer” promovido pelo Centro Internacional de Pesquisa (CIPE) do A.C.Camargo Cancer Center, centro especializado e integrado para diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer. O evento foi realizado no período de 4 a 8 de julho.

Para a capacitação, foram selecionados 50 alunos de diferentes instituições e graduações. Os conteúdos apresentados enfocaram desde a epidemiologia do câncer até explicações aprofundadas das vias e mecanismos mais importantes que estão relacionados ao desenvolvimento do tumor primário e de metástases, assim como o papel do entendimento da doença para se estabelecer novos marcadores diagnósticos e terapêuticos.

Além de aspectos teóricos, também houve espaço para exposição de trabalhos de iniciação de iniciação científica apresentados oralmente ou em forma de pôster. As alunas do IB premiadas estiveram entre os quinze estudantes selecionados para apresentação oral.

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Instituto de Biociências