Recanto Azul recebe projeto piloto de arborização urbana

arvores-recanto (2)Na manhã do último sábado, 18 de junho, o Projeto Cascata Realiza, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, em parceria com a Sabesp e Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Obras, realizou um importante plantio de arborização urbana no bairro Recanto Azul.

A ação teve como principal objetivo aumentar consideravelmente a qualidade ambiental da microbacia hidrográfica do Córrego da Cascata, valorizando economicamente o bairro e despertando nos moradores, um cuidado especial com a sua calçada, que é o primeiro degrau da cidadania urbana. A arborização faz parte de diretrizes do governo do estado de São Paulo no âmbito do Programa Município Verde Azul. A cidade já foi bicampeã, esse ano vice-campeã e ganhou duas vezes o prêmio de melhor município da bacia hidrográfica dos rios Sorocaba e Médio Tietê. Porém, segundo integrantes da ONG SOS Cuesta, os avanços devem continuar.

Foram plantadas nas calçadas do bairro 136 árvores, com altura de 1,80m, protegidas por gradis de madeira, com placas educativas. Outra etapa do projeto, já executada pela ONG, foi a construção de uma cerca ao redor do reflorestamento nas ruas Arco Íris, Alegria e Joaquim Marins, no Recanto Azul. Foi instalada uma cerca de arame farpado de nove fios, com postes de concreto, para dificultar o despejo irregular de lixo e favorecer a proteção do reflorestamento.

arvores-recanto (1)Segundo o morador do bairro e que fez questão de autorizar o plantio de um ipê amarelo em frente a sua residência, o cirurgião dentista Wendel Augusto Regolim, ações desse tipo trazem mais qualidade de vida a todos. “Fantástica essa iniciativa realizada aqui. Deveriam levar esse modelo a outros bairros porque os benefícios são inúmeros”, comentou. “Quando outros moradores que não aderiram ao projeto verem a beleza das árvores crescendo, com certeza vão se arrepender e mudar de opinião”, diz.

Moradora do bairro há mais de trinta anos, Maria Rita Piloto de Oliveira conta com emoção que a arborização do Recanto Azul era um sonho antigo de seu marido, Arnaldo de Mello Oliveira, que em 1983 loteou a área. “As terras eram de meu pai, Eugênio Piloto e o intuito era que este local fosse rodeado de muitas árvores e um bosque”, relata. “Os próprios nomes das ruas foram pensados com base na natureza e em coisas boas, como Alegria, Amizade, Arco Íris. Todos estão de parabéns com esse projeto”, reitera.

Quem chegou cedo para ajudar no plantio das mudas foi a família Vicentim. O securitário Alexandre (37) trouxe a esposa, Simone (37) e a filha Sabrina (11) para fazerem a parte deles. “Moramos no Jardim Chácara dos Pinheiros, mas quando soubemos do projeto, fizemos questão de estarmos juntos para plantarmos essas mudas que um dia se transformarão em árvores lindas”, diz o patriarca. “Se as pessoas tivessem a verdadeira noção sobre os benefícios da arborização urbana, com certeza plantariam mais árvores e ajudariam a cuidar delas”, completa.

A vice-presidente da ONG SOS Cuesta de Botucatu, Nelita Corrêa, que coordena o Projeto Cascata Realiza, ressaltou que as pessoas têm um conceito equivocado sobre planta r árvores nas calçadas e classificou a ação como um sucesso. “Precisamos mudar essa ideia de que árvore dá trabalho porque suja a calçada. Os benefícios da arborização vão além. É um atributo positivo para uma cidade”, afirma. “Essa união de forças com os parceiros foi um verdadeiro sucesso”, conclui.

(Fonte: 4 Toques)