Alunos de Botucatu arrecadam mais de 13 mil litros de óleo de cozinha

premiacao-do-projeto-bolhas-do-bem-foto-silvia-culiche-customNesta terça-feira (13), na Sala de Teleconferência da Secretaria Municipal de Educação, foi promovida a premiação dos alunos e gestores da Rede Municipal de Ensino que participaram do projeto ambiental e educacional “Bolhas do Bem”.

A iniciativa busca conscientizar sobre a coleta e a reutilização do óleo usado na cozinha, que se descartado de maneira incorreta pode provocar danos ao meio ambiente.

As três escolas que mais pontuaram na média entre arrecadação de óleo e tarefas das olimpíadas ganharam troféus, enquanto os alunos foram contemplados com jogos infantis, livros, tablets e bicicletas.

Este ano o projeto contou com a participação de 49 escolas e cerca de 5 mil alunos se envolveram com a defesa ambiental. Juntos, eles conseguiram coletar 13.782 litros de óleo de cozinha. Para se ter uma ideia, 1 litro de óleo de cozinha usado pode poluir cerca de 1 milhão de litros de água.

De acordo  com uma das idealizadoras do “Bolhas do Bem”, Kelli Pierini, o projeto tem o compromisso de trabalhar o tema junto a uma nova geração de crianças para que elas também possam provocar, juntos aos pais, hábitos mais positivos em prol do meio ambiente. “Todo óleo coletado nas escolas é transformado em sabão e depois distribuído pelos professores aos alunos”, explica.

Para a secretaria de Educação, Edileine Fernandes Henrique, o “Bolhas do Bem” tem a função de mudar comportamentos a favor de um meio ambiente de melhor qualidade. “O meio ambiente é uma matéria pertinente a todas as escolas e o projeto vem trazer essa conscientização a todos os alunos sobre a importância de levar os conceitos corretos e como construir um mundo melhor através da preservação do meio em que vivem”, frisou.

Sobre o projeto

O projeto “Bolhas do Bem” é uma iniciativa de conscientização ambiental através da reutilização do óleo de cozinha. As ações do projeto incluem, além da troca de experiências e conhecimento em busca da sustentabilidade, realizar palestras e oficinas de como fazer sabão,  nas escolas publicas de ensino infantil e fundamental do município de Botucatu.

Os idealizadores do projeto, para incentivar e engajar a participação dos pais e alunos, promoveram ainda uma olimpíada denominada Olimpíada Bolhas do Bem, com provas entre as escolas sobre temas de sustentabilidade e arrecadação de óleo usado. Esta olimpíada rendeu cerca de dois mil prêmios para os alunos.

Educação Infantil

Escolas:

1º lugar: CEI Rafaela Cristina Francisco Benato

2º lugar: CEI Horeste Spadotto

3º lugar: CEI Maria de Lourdes Torres Sardenberg

Alunos:

1º lugar: Nicolas Leonardo Brunellis (CEI Nair Fernandes Leite Vaz)

2º lugar: Bruna Morone de Matos (CEI Ida Rosa Pilan Dell’Omo)

3º lugar: Anna Beatriz Gonçalves Lima (CEI Ruach)

 

Ensino Fundamental

Escolas:

1º lugar: EMEF Antenor Serra

2º lugar: EMEF Prof. José Antonio Sartori

3º lugar: EMEF Angelino de Oliveira

Alunos:

1º lugar: Thiago Henrique Silva (EMEF Nair amaral)

2º lugar: Guilherme Arruda Oliveira (EMEF Prof. José antonio Sartori)

3º lugar: Julia Fernanda de Oliveira (EMEF Rafael de Moura Campos)