Ações marcam Dia da Árvore; plantio de 20 mil mudas para recuperação de nascentes no Vale do Aracatu tem início

plantio-de-arvore-em-area-verde-na-vila-paulista-foto-igor-medeiros-37-customEm comemoração ao Dia da Árvore, a Secretaria de Meio Ambiente de Botucatu promoveu na tarde desta quarta-feira (21) o plantio de 75 mudas nativas na área verde ao lado da Rua Silvestre Bartoli, na Vila Paulista, região norte da Cidade. As futuras árvores darão ainda mais vida ao local, onde já foram instalados playground e academia ao ar-livre e passa um trecho da ciclovia de 8 km em construção que ligará os dois campi da Unesp [Lageado-Rubião]. Participaram da ação crianças atendidas pelo projeto sócio assistencial do Parque Imperial em parceria com a Assobio Soluções Ambientais.

Também nesta quarta aconteceu outro plantio, desta vez na Praça Sustentável localizada na Avenida Universitária, no Jardim Paraíso II, região norte de Botucatu. Na ocasião foram plantados dez ipês, seis palmeiras e diversas plantas ornamentais, com apoio do Rotary Clube. O espaço é uma iniciativa do Prof. Valdemir Rodrigues, do Departamento Recursos Naturais da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp.

plantio-de-arvore-em-area-verde-na-vila-paulista-foto-igor-medeiros-53-customNo sábado passado (17), o Parque Municipal – “Joaquim Amaral Amando de Barros” já havia recebido o plantio de outras 100 mudas de árvores, iniciativa da Chico Pupo – Clínica de Especialidades Veterinárias. E na sexta passada (16), o Lions Clube Centro, com a presença de seu governador, promoveu o plantio de mais 100 mudas nativas na Rua Angelo Papa, no Altos do Paraíso, próximo à nascente do Córrego São Caetano.

Mas um dos principais plantios na Semana da Árvore aconteceu na segunda-feira (19), quando a Prefeitura de Botucatu providenciou o plantio de 300 mudas nativas numa fazenda da região do Comerciários. A ação faz parte de um grande projeto que prevê, até o fim deste ano, o plantio de 20 mil árvores para a recuperação das cinco nascentes que abastecem o Córrego do Aracatu. A Microbacia Hidrográfica do Córrego Aracatu, sub-bacia do Córrego da Indiana, está localizada na Cuesta de Botucatu. Com 7,53 km2², ela é uma das mais importantes microbacias da região por, entre outros motivos, ser uma área de recarga do Aquífero Guarani.

plantio-de-arvore-em-area-verde-na-vila-paulista-foto-igor-medeiros-30-custom“São 20 mil mudas, de 80 espécies diferentes como aroeira, ipês, taiúvas, entre outras. Elas são fornecidas pelo Cedepar [Consórcio de Estudos, Recuperação e Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo]. Quando chegam no nosso Viveiro Municipal, elas passam por um ‘processo de engorda’ antes de serem plantadas”, explica Juliane Fumes, diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Estimular o plantio na área urbana

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Perseu Mariani, de 2009 até o momento mais de 60 mil novas árvores já foram plantas em todo território de Botucatu, incluindo zona rural, áreas particulares e de proteção ambiental. Porém a intenção é estimular o plantio de mais árvores dentro da área urbana.

plantio-no-altos-do-paraiso-em-parceria-com-o-lions-clube“Temos cerca de 19 mil árvores na área urbana e nossa meta é ter 60 mil, ou seja, uma árvore por imóvel de Botucatu. Mas para isso precisamos da participação da população e acabar com a imagem de que árvore só traz problema, o que não é verdade. As pessoas precisam plantar a espécie de árvore correta para que ela não traga prejuízos ao passeio público ou mesmo à fiação elétrica. E esse tipo de orientação nós da Secretaria de Meio Ambiente fazemos”, diz Perseu Mariani.

“As árvores tem uma importância vital para o clima de nossas cidades, o ar que respiramos, o equilíbrio da fauna e flora, além de ajudar na preservação da água que abastece os lençóis freáticos. Temos esse dever de estimular a arborização urbana para que nossas futuras gerações possam ter uma qualidade de vida melhor”, complementa o secretário de Meio Ambiente.

Vale ressaltar que dentro do Programa Município Verde Azul- PMVA, o qual Botucatu já foi campeã por duas vezes [2012 e 2014], há uma diretiva especifica de arborização urbana e que a Cidade cumpriu todos seus itens. Entre eles, a de possuir um Plano próprio de Arborização Urbana.

Como fazer para plantar?

As pessoas interessadas em fazer plantio de árvores na área urbana do Município devem primeiro entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e solicitar uma autorização para a retirada gratuita de mudas no Viveiro Municipal [Avenida Itália, s/nº – Lavapés] e receber as devidas orientações de plantio.

A Secretaria de Meio Ambiente mantém ainda uma parceria com a FCA/Unesp no projeto “Arboricatu”, que busca justamente conscientizar a população sobre para a importância da arborização urbana. Mais informações do projeto na página eletrônica: sites.google.com/site/arboricatu1/.

Serviço

Secretaria Municipal de Meio Ambiente

Rua Lourenço Carmelo, 180  – Jd. Paraíso (Poupatempo Ambiental)

Tel.: (14) 3882-1290

Email: meioambiente@botucatu.sp.gov.br