Virada Cultural Paulista em Botucatu terá várias atrações

A Secretaria de Estado da Cultura confirmou os grandes nomes nacionais e 15 artistas internacionais para a Virada Cultural Paulista 2013, que neste ano acontece nos dias 25 e 26 de maio, em 27 cidades do interior e litoral de São Paulo.

Na lista divulgada foi confirmado que Botucatu irá receber no dia 25 de maio os shows do DJ Pedro Cerqueira, a atração norte-americana Ariana Delawari, trio “Metá Metá”, e o cantor Almir Sater. No domingo, dia 26 de maio, se apresentarão Rodrigo Velozzo, o trio paulistano “O Terno”, e a cantora Tulipa Ruiz.

O secretário Municipal de Cultura, Osni Ribeiro, comemora que Botucatu foi contemplada com atrações para diversos públicos que abrangem todas as vertentes da música, do regional ao pop rock, passando pela MPB e o samba.
“Ficamos felizes com as atrações que foram confirmadas para a Cidade. O retorno de Almir Sater, um músico muito querido pela população botucatuense. A cantora Tulipa Ruiz sempre foi uma atração que tentamos trazer para Botucatu em outros eventos e agora teremos esta oportunidade durante a Virada. Sem contar que iremos receber pela primeira vez uma atração internacional durante o evento, a compositora norte-americana, Ariana Delawari. Agora ficamos no aguardo das outras apresentações que virão para complementar a programação do evento desde ano. Esperamos que novamente a Virada Cultural de Botucatu seja um sucesso de público”, comenta.

Em 2012, Botucatu recebeu grandes atrações durante a Virada, como os cantores Luiz Melodia e Nando Reis e o ator e humorista Marcelo Mansfield, do programa “Agora é tarde”, da Band. De acordo com os números oficiais, a Cidade reuniu um público total de 46.300 pessoas na época. A quantidade de participantes mais que dobrou em relação a 2011, quando foram registradas cerca de 20 mil pessoas.

A grande novidade deste ano é que a Virada terá atrações internacionais em todas as cidades participantes. “Desta forma, a Virada Cultural Paulista se consolida como um evento que concretiza o acesso ? cultura em todas as regiões do Estado, oferecendo ? população atividades gratuitas, baseadas na qualidade e na diversidade. Este resultado só é possível por meio da parceria do Governo do Estado com as Prefeituras das cidades participantes”, afirma o Secretário de Estado da Cultura, Marcelo Mattos Araujo.

{n}Grade completa{/n}

Esta é a apenas uma prévia do que a Virada Cultural Paulista está programando para 2013. A grade completa da programação vai incluir, ainda, atrações de teatro adulto e infantil, dança, stand up comedy, atividades nas unidades locais do Sesc-SP e artistas locais, de forma a valorizar o que é produzido nos municípios. Em breve, a programação completa será disponibilizada no site oficial da Virada: www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br.

A Virada Cultural Paulista é realizada em parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e os municípios participantes. Enquanto o Estado arca com todos os custos de contratação dos artistas e monta a programação cultural principal, as prefeituras bancam todo o investimento na montagem da infraestrutura de palco, som e luz, além de garantir a segurança e a limpeza nas áreas do evento. Além disso, o Estado estimula os municípios a montar programações paralelas, com artistas da cidade, de forma a dar visibilidade ? produção artística local.

A sétima edição da Virada Cultural Paulista – o maior evento cultural do interior do Estado – acontece nos dias 25 e 26 de maio em 27 municípios: Assis, Americana, Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru, Botucatu, Campinas, Caraguatatuba, Diadema, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, Santa Bárbara D’Oeste, Santos, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

“A Virada Cultural Paulista consolida nossa política de levar para o interior uma programação cultural de muita qualidade. Chegamos esse ano a 27 cidades, que vão receber o maior evento cultural do interior paulista. São milhões de espectadores, movimentando o comércio e os serviços, numa festa ? altura de São Paulo”, afirma o Governador Geraldo Alckmin.

{n}{tam:25px}Atrações confirmadas{/tam}

Dia: 25 de maio – Sábado {/n}

19 horas – DJ Pedro Cerqueira
21h30 – Ariana Delawari (EUA) – Compositora norte-americana, filha de afegãos, Ariana Delawari é uma artista multimídia: musicista, diretora de cinema, atriz e fotógrafa. Seu primeiro álbum, o “Lion of Panjshir”, foi gravado em Kabul (Afeganistão). Neste trabalho, destacam-se os ritmos típicos do Afeganistão e o folk americano. Como cineasta, seu filme “We Came Home” (que retrata a mudança de sua família para o Afeganistão após o atentado de 11 de setembro) ganhou o Prêmio de melhor documentário na Mostra Internacional de São Paulo. Atualmente, está terminando a produção de seu segundo disco solo.

23 horas – Metá Metá – Da união de Juçara Marçal (voz), Thiago França (sax) e Kiko Dinucci (violão) nasceu o Metá-Metá. O trio investe em arranjos econômicos que ressaltam elementos melódicos e signos da música de influência africana no mundo. O Metá-Metá já foi reverenciado por publicações internacionais, como o jornal francês Vibrations Music e a revista inglesa Wire.

00h30 – Almir Sater – Nascido em Campo Grande (MS), o violeiro e compositor Almir Sater traz em seus acordes o cheiro do mato e os sons da natureza. Seu trabalho é a síntese possível entre a música caipira e o folk norte- americano. A sua canção mais popular, “Tocando em Frente”, tornou-se um hino. Ele também obteve grande destaque como ator nas novelas:“Pantanal“(1990), “Ana Raio e Zé Trovão“ (1991), “O Rei do Gado“ (1996) e “Bicho do Mato“ (2006).

{n}Dia: 26 de maio – Domingo {/n}

15h30 – Rodrigo Velozzo – Filho do cantor Benito de Paula, Rodrigo Vellozo, faz samba com instrumentos de música erudita – principalmente o piano. Seu repertório vem recheado de clássicos de Vinicius de Moraes, Noel Rosa, Caetano Veloso e outros.

17 horas – O Terno – O trio paulistano O Terno usa a ironia e a inteligência para alicerçar seu rock direto e com poucas firulas. Com integrantes na faixa dos 20 anos – Tim Bernardes (voz, guitarra e o?rga?o), Guilherme “Peixe” (baixo) e Victor Chaves (bateria) – O Terno acaba de lançar o álbum “66”. A banda já ganhou os prêmios de Aposta MTV e Clip do Ano no Prêmio Multishow de 2012.

18h30 – Tulipa Ruiz – Tulipa Ruiz caiu nas graças de público e crítica já em seu álbum de estreia, o ”Efêmera” (2010). Desde então, a cantora paulista não tem feito outra coisa a não ser confirmar os prognósticos mais otimistas. Ela transformou-se, sim, em uma das vozes mais importantes da nova geração da MPB. Com um canto cheio de personalidade e nuances, Tulipa flerta com a MPB de origem vanguardista e a música pop. Em seu segundo CD, “Tudo Tanto” (premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte), a cantora cercou-se de nomes ascendentes, como Criolo, Kassin e Daniel Ganjaman, e dividiu uma faixa com Lulu Santos.