Vilson Palaro expõe suas fotos no Museu do Café

O Coordenador do Núcleo do Museu do Café da Fazenda Lageado, José Eduardo Candeias aponta que a partir do dia 26 de junho o Museu recebe 12 fotografias do artista Vilson Palaro, de São Carlos. Na mostra o artista aborda a temática da cultura do café, desde o plantio até o consumo. São imagens em branco e preto que aumentam o impacto das cenas. Além disso, um filme será exibido durante a exposição aprofundando a questão da cultura cafeeira.

Vilson Palaro é artista exclusivo da “Cia Arte Cultura”, que tem à frente Paco de Assis, e a mostra têm a produção cultural de Oscar D’Ambrósio e a curadoria do próprio Candeias. “Mais uma grande atração do Museu do Café aos nossos visitantes”, disse.

Ainda sobre o Museu do Café Candeias relata que a exposição fotográfica do jornalista André Godinho permanecerá até o próximo dia 20 de junho e já foi visitada por mais de 1600 pessoas. As obras estão à venda e a renda obtida será destinada ao Hospital Preventivo ao Câncer de Botucatu, mantido pela Associação Santo Agostinho.

 

Jornalista faz doação de livros

 

Candeias também revela que mais uma vez o Museu do Café é agraciado com livros. Desta vez o Museu recebeu exemplares da obra “Aconteceu comigo… Peripécias de um repórter” de autoria do jornalista Quico Cuter. 

“O autor relata na obra os bastidores de seu trabalho como jornalista, iniciado na década de 1970, passando por diversos jornais e rádios locais.  É autor de diversos sambas-enredos, peças teatrais, letras de músicas e também autor do livro “Levitando entre rimas e versos”.  Atualmente Quico é proprietário do jornal eletrônico e impresso  "Acontece Botucatu" (www.acontecebotucatu.com.br) parceiro do Núcleo”, disse Cadeias.

“Agradecemos a gentileza do autor e os livros estarão disponíveis no display do “Livro Livre” e também será oferecido aos professores das diversas escolas que visitam o Museu do Café”, acrescenta o coordenador.