Villa Blues recebe Jai Mahal e Os Pacíficos da Ilha

O espaço Villa Blues é um dos palcos de mais uma edição da Virada Cultural Paulista que fazem parte da programação do evento. No sábado (24), ? s 20 horas, o espaço artístico recebe a apresentação de Jai Mahal e Os Pacíficos da Ilha. A entrada é um quilo de alimento não perecível.

Jai Mahal é considerado uma lenda do reggae “brazuca”, com o selo “roots” de qualidade: baixo de groove pulsante, bateria percussiva, teclado hipnótico, “reverbs” e boas doses de blues, samba rock e soul music, na voz das charmosas backing vocals.

Jai tinha 16 anos quando conheceu o ritmo jamaicano, em 1977. Tornou-se um fã inveterado e grande pesquisador. A partir de então, sua história se uniu com a trajetória do reggae no Brasil.

A primeira investida na música foi em 1978, ao lado de Nando Reis, Vange Leonel, Cao Hambúrguer e Paulo Monteiro. Dali surgiu a primeira geração de bandas do reggae paulistano nos anos 80. Nos anos 90 foi um dos responsáveis pelo programa Reggae Raiz, comandado por Jai Mahal e China Kane, na Rádio Brasil 2000 – 107,3 FM.

Original Café, o primeiro disco de Jai Mahal e Os Pacíficos da Ilha, foi lançado em 1991, em vinil mixado e prensado na Jamaica. Depois de uma pausa, em 1998, a banda produziu a faixa “Mania de Perseguição”. Em 2014 retomam com o álbum InvisívelMan.

Em paralelo, o “reggae man” tupiniquim segue como radialista. Em 2005 é contratado pela Rádio Cultura AM onde apresentou o programa Cultura Reggae Brasil. Atualmente segue na emissora com o Bamba Jam e na Rádio Cidadã (Comunitária do Butantã). Na rádio UOL, o Reggae Raiz – que já tem 26 anos – segue no ar com mais de 15 mil ouvintes a cada edição.

?