Veterinária da Unesp sedia evento internacional

De 24 a 26 de março, a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu, promove o “One Health Summer School” , evento que reúne pesquisadores e professores representantes de  cinco países, de três continentes, que abordarão em suas palestras, temas como vigilância sanitária, fatores ambientais , sociais, produção de vacinas e a globalização no impacto das enfermidades humanas e animais.

Gratuito e totalmente apresentado em inglês, o evento busca difundir entre professores, alunos e pesquisadores, o conceito de “One Health”, ou “saúde única” que permite o desenvolvimento de projetos integrados envolvendo os fatores ambientais, sociais e etiológicos nas várias áreas do saber.

“A presença de médicos, veterinários, biólogos e agrônomos demonstra a pluralidade de atuação das várias áreas e o impacto no contexto “One Health””, comenta a professora Jane Megid (foto), coordenadora do evento, que tem apoio das áreas de Medicina Veterinária Preventiva e Clínica Veterinária da FMVZ.  “O conteúdo a ser ministrado permitirá a alunos , pesquisadores e professores um olhar diferenciado e abrangente quanto as possíveis interações e colaborações entre as várias áreas do conhecimento".

A participação no evento está aberta a interessados de todas as áreas do conhecimento. O curso também será oferecido como disciplina para alunos de pós-graduação da FMZV e da Faculdade de Medicina da Unesp.

A realização do “One Health Summer School” faz parte de um projeto de colaboração internacional iniciado em 2013 com a vinda para a FMVZ dos professores Baljit Singh e Gerdts Volker, da University of Saskatchewan, do Canadá, que ministraram uma disciplina no curso de pós-graduação em Medicina Veterinária, intitulada "One Health: Vaccines, Infectious Diseases and Inflammation".

A partir desse contato, teve início a integração de pesquisas, docentes e alunos da FMVZ com um programa canadense voltado para o treinamento e a colaboração em estudos sobre os temas doenças infecciosas, segurança alimentar e políticas públicas, no qual também estão previstos cursos de verão realizados anualmente em diferentes países parceiros.

O projeto canadense tem apoio da Fapesp, o que confere a seus bolsistas recursos financeiros para desenvolvimento de pesquisas e realização de doutorado sanduiche na University of Saskatchewan.  “A cooperação acadêmica na realização desses eventos e o intercâmbio de professores e pesquisadores proporcionará oportunidades internacionais de estudos para os alunos de graduação e pós graduação e permitirá que eles participem de programas de bolsas, tais como o programa Emerging Leaders in the Americas (ELAP), além do desenvolvimento de projetos de pesquisa em conjunto”, conclui a professora Jane.