Unit abre ano com 240 pessoas matriculadas em cursos de qualificação

O mês de março já começou e 240 pessoas em Botucatu aproveitaram a oportunidade proporcionada pela Prefeitura de Botucatu para dar um passo além na vida pessoal e profissional. Elas fazem parte da primeira turma de alunos já matriculados nos cursos da UNIT (Universidade do Trabalhador) em 2016. 

A aula inaugural aconteceu na noite desta terça-feira (1º), no Cine Teatro Nelli, com a presença do prefeito João Cury; presidente da Câmara, André Rogério Barbosa (Curumim); secretário de Ciência e Tecnologia, Carlos Costa; secretária da Assistência Social, Amélia Maria Sibar; superintendente da Sabesp, Mário Eduardo Pardini Affonseca; vereador Ednei Lázaro da Costa Carreira; além de representantes do Senai, Sesi, Senac e Sebrae, entidades parceiras da iniciativa. 

Na oportunidade os alunos ainda puderam acompanhar a palestra “Do sofá ao sucesso”, com a psicóloga Amanda Cristina Fioretto, graduada em Psicologia pela Universidade Sagrado Coração (USC) e pós-graduanda no curso de MBA em Gestão Estratégica de Pessoas pela Faculdade Getúlio Vargas (FGV).

Mais uma vez a procura pelos cursos foi grande. Em poucos dias, praticamente todas as vagas já haviam sido preenchidas e por isso foi necessária a elaboração de listas de espera para eventuais desistências. Foram formadas 14 turmas em 12 cursos diferentes com um total de 240 alunos. As aulas tiveram início já nesta quarta (2). 

A UNIT qualificará gratuitamente mão de obra nas áreas de: 5S (20 horas), Ferramentas da Qualidade, Alinhador de Veículos Leves (80 horas), Auxiliar Administrativo (60 horas), Auxiliar de Montagem de Carrocerias de Ônibus (90 horas), Chapeador de Peças Aeronáuticas (240 horas), Desenho Técnico Mecânico (84 horas), Excel Básico (40 horas), Kaizen (20 horas), Operação de Empilhadeira (32 horas), Soldador MAG (160 horas) e Soldagem de Manutenção (120 horas). 

De acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia, Carlos Costa, além destes 12 cursos, a programação é que ainda neste mês de março sejam abertos mais sete cursos de qualificação em diferentes áreas, além de outra leva a partir do segundo semestre. 

“Vale ressaltar ainda que os cursos com mais de 80 horas ganharam três módulos a mais com conteúdo de Comportamento Profissional, Finanças e Empreendedorismo. Queremos terminar este ano com mais de 600 certificados distribuídos. Isso prova que no atual governo qualificação é prioridade, não é só discurso”, comenta.

O prefeito João Cury enalteceu a credibilidade das entidades parceiras e excelência dos cursos a serem oferecidos e que são reconhecidos nacionalmente. Também fez questão de lembrar que a oferta gratuita de cursos de qualificação é uma iniciativa implantada pela atual administração municipal. Para se ter ideia, somente neste ano, a Prefeitura pretende investir quase R$ 400 mil em cursos de qualificação. 

“É uma obrigação nossa retornar à população, o dinheiro pago em impostos, através desses cursos. E muitos talvez não tivessem condições de bancar um curso desses se eles não fossem gratuitos. Por isso investir diretamente nas pessoas é a maior transformação que podemos provocar e deixar de legado dentro da sociedade”, afirma.

“Também é importante valorizar que essas pessoas que se matricularam nestes cursos saíram da zona de conforto e deram o primeiro passo. Infelizmente vivemos numa sociedade hipócrita, que cobra experiência mas não dá a primeira oportunidade. Mas a Prefeitura, através da UNIT, está presente para ser essa mão amiga e fazer essa ponte do trabalhador com as empresas”, completa.

 

Além do assistencialismo

A novidade deste ano pela UNIT foi a reserva de vagas preferenciais voltadas às pessoas de baixa renda, atendidas pelos Centros de Atendimento em Assistência Social (CRAS) do Município. Neste primeiro momento, 29 pessoas foram beneficiadas.

Uma delas é Nelcir Pereira da Silva, de 47 anos, moradora do Bairro Alto e usuária do CRAS Leste. Com trabalho de reciclagem e alguns serviços de faxina esporádicos, consegue tirar cerca de R$ 300 por mês. Mesmo sendo beneficiária do programa Bolsa Família, por onde retira mais R$ 150, o que ajuda nas despesas da casa e do neto de 8 anos, ela demonstra que sonha com algo mais para sua vida. “Escolhi o curso de Alinhamento de Veículos e mesmo com 47 anos estou disposta a aprender algo novo, sair qualificada para conseguir um trabalho e, quem sabe, no futuro, ter minha casa própria”, diz.

Outra que veio encaminhada pelo CRAS Leste foi Tainara Dutra de Andrade, de apenas 17 anos. A jovem, que mora com a mãe e o padrasto no Jardim Brasil, optou pelo curso de Desenho Técnico Mecânico. “Tenho outros cursos profissionalizantes ligadas à área industrial e quero um futuro melhor, pra mim e minha mãe. Quem sabe no futuro, consiga fazer uma faculdade, que é meu sonho”, conta.

Mais informações

Universidade do Trabalhador

E-mail unit@botucatu.sp.gov.br

Tel.: (14) 3814-7346

UNIT – polo I

Praça Dom Luiz Maria de Santana, 219 – Centro

UNIT – polo II

Rua Francisco Lyra Brandão, 1321 – Vila São Benedito

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)