Unesp realiza exposição de fotos históricas da FMVZ

Fica até o dia 14 de junho, na Biblioteca do câmpus de Rubião Júnior, a exposição de fotos históricas “FMVZ 50 anos”, que reúne algumas das imagens utilizadas no livro “O Sonho Possível”, que marcou as comemorações das cinco décadas de história da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu. As imagens históricas mostram especialmente o período de funcionamento da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, instituto isolado fundado na década de 1960 e que deu origem ? s quatro unidades da Unesp no município.

Há fotografias dos docentes pioneiros, das edificações iniciais do câmpus, dos primeiros alunos do curso de Medicina Veterinária e até da aula inaugural proferida pelo professor Nicanor Letti, em abril de 1963. Na sequência, a exposição de fotos históricas da FMVZ vai para a Biblioteca “Paulo de Carvalho Mattos”, na Fazenda Lageado.

“O Sonho Possível”

O livro “O Sonho Possível – 50 anos da FMVZ – Unesp – Botucatu”, lançado durante as comemorações do jubileu de ouro da unidade, está ? venda na Diretoria da FMVZ, na sede da Fepaf (Fazenda Lageado) e nas livrarias de Botucatu. Além de dezenas de fotos históricas dos primórdios da FMVZ, o livro traz imagens atuais da Faculdade, produzidas especialmente pelos fotógrafos Aline Grego e Ary Diesendruck.

Em quase duzentas páginas, a obra traça a história da luta dos botucatuenses para conseguir a criação da Faculdade e dos anos iniciais da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (FCMBB). Aborda ainda os tempos em que a Faculdade funcionava no chamado “Morrinho”, a criação da Unesp, a estruturação da FMVZ e oferece um panorama atual das atividades da unidade.

O livro é composto por textos assinados por convidados, com destaque para o dramaturgo e novelista Alcides Nogueira e para o escritor e jornalista Hernâni Donato. O primeiro relata como um jovem botucatuense recebeu as mudanças que a Faculdade provocou no tecido social da Cidade dos Bons Ares. Já o texto de Donato, o último escrito por ele, relata um episódio pitoresco na luta de Botucatu pela Faculdade.

O livro traz ainda textos do prefeito João Cury Neto; do reitor da Unesp, professor Julio Cezar Durigan; do professor José Paes de Almeida Nogueira Pinto, diretor da FMVZ; do historiador João Carlos Figueiroa; dos jornalistas Armando Delmanto e Sérgio Santa Rosa, além de mensagens dos representantes dos conselhos estadual e federal de Medicina Veterinária.