Turismo lançou o projeto “Botucatu – Terra de Aventura”

Em um evento bastante concorrido a Subsecretaria de Turismo, vinculada ? Secretaria Municipal de Desenvolvimento, fez o lançamento oficial do programa “Botucatu – Terra da Aventura”. A reunião aconteceu na noite desta quinta-feira (29) na sala de teleconferência da Secretaria de Educação, na Rua Costa Leite, 176, região central da Cidade.

Além de autoridades municipais e regionais o evento contou com a presença de praticantes de esportes radicais como rapel em cachoeiras, canyoning, paraglider, mountain bike, trekking, trilha 4×4, caminhadas ecológicas, cavalgadas, rallys e enduros, além de diversões náuticas.

Fredi Pimentel, secretário adjunto da pasta, fez um apanhado geral dos programas turísticos que estão sendo desenvolvidos e os projetos futuros previstos em Botucatu. Um vídeo foi apresentado mostrando as belezas naturais da região e os esportes de aventura que podem ser praticados.

“O objetivo é colocar Botucatu em evidência diante de outras cidades da região no segmento de esportes radicais e lançar nossa região na rota do turismo de aventura. Cito região, pois os municípios que fazem parte do Pólo Cuesta também estão engajados no programa. A idéia, também, é mostrar as belezas naturais ? s pessoas que ainda não conhecem”, frisou Pimentel, que acredita na expansão do programa. “A partir do momento que começarmos a ter retorno, com a atração de mais turistas para a região, vamos aperfeiçoar o turismo regional e o nosso trabalho com relação ? preservação ambiental”, emenda.

O prefeito João Cury Neto salientou que o programa “Botucatu – Terra de Aventura” deu certo porque houve a parceria com as pessoas que praticam os esportes radicais e conhecem o que a região tem a oferecer. “A Prefeitura entra como parceira para ajudar no que for preciso, inclusive com verbas e estrutura. Tenho consciência de que o orçamento do Turismo deveria ser bem maior, mas, infelizmente, não é possível. Por isso, é necessário fazer parcerias e o Fredi (Pimentel) foi muito feliz em escolher os parceiros ligados, diretamente, ao esporte aventura. O projeto não poderia ser desenvolvido apenas pela Prefeitura”, elogiou o prefeito.

Vale lembrar que a assessora de Turismo Luciana Alho, assim como esportistas ligados ao Turismo Aventura estiveram na Feira Internacional Adventure Sport Fair, que aconteceu no mês passado, em São Paulo para mostrar em fotos, vídeos e materiais gráficos um pouco do potencial turístico, assim como a localização do Município, geografia, clima e quais são os esportes de aventura que são praticados. “Contamos com vários parceiros nesse projeto, todos com o objetivo de mostrar que Botucatu tem uma gama diversificada para quem aprecia o esporte aventura”, comentou a assessora.

Nessa Feira foi mostrado que Botucatu se destaca pela localização. A 224,8km da capital, a Cidade tem ligação pelas rodovias Marechal Rondon e Castelo Branco. O clima ameno e altitude relativamente elevada, que varia de 756 metros na baixada a 920 metros até o Morro de Rubião Júnior, ponto mais alto do Município, é outro ponto forte para quem busca praticar esportes junto ? natureza.

Uma frase do programa reflete o que o “Botucatu – Terra da Aventura” busca para quem gosta de praticar esportes em contato com a natureza. “Sinta o vento no rosto em uma cavalgada. Sinta a emoção em uma descida de rappel ou canyoning. Viva a liberdade em um vôo de paraglider. Percorra trilhas incríveis em meio a belas paisagens a pé, de moto, mountain bike ou jeep. Aventure-se! A vida é agora! Viva a experiência nesta cidade que vai te acolher muito bem”!

Fotos: David Devidé