Tia Carroll volta a se apresentar em Botucatu

A cantora norte-americana Tia Carroll, se apresenta nessa sexta-feira (7) no espaço Villa Blues Jukejoint, de Botucatu. No sábado (8) a Casa terá a atração Bando Blues. Os shows começam ? s 21 horas. Carroll já esteve em Botucatu em 2012.

Californiana, é dona de uma voz impressionante e presença de palco sem igual, uma autêntica representante do Blues norte-americano. É rotineiramente comparada, pela Imprensa especializada internacional, a Aretha Franklin, Koko Taylor e Tina Turner. Não seria correto se não fosse justo.

Influenciada por Sam Cooke e Stevie Wonder, começou a cantar na igreja batista ainda menina e iniciou a carreira profissional no final dos anos setenta, acompanhando o lendário bluesman Jimmy McCracklin e a cantora Sugar Pie DeSanto Carroll estará acompanhada pela Igor Prado Band – conjunto brasileiro com ampla experiência no circuito internacional e que tem em sua bagagem diversas excursões com artistas americanos como Steve Guyger, R.J Mischo, Mark Hummel, Rick Estrin (Little Charlie & Nightcats), Lynwood Slim, J.J Jackson, James Wheeler, Phil Guy (irmão do lendário Buddy Guy), Mud Morganfield (Filho do lendário Muddy Waters), Bob Stroger (baixista da banda de Muddy Waters), Omar Coleman, Curtis Salgado, Sugaray Rayford, Tia Carroll, Junior Watson, Sax Gordon entre outros.

{n}Bando Blues{/n}

Formado para criação e execução de trilhas sonoras de espetáculos teatrais, em 2011, o grupo passou a reunir músicas de seus integrantes e amigos para criação de um repertório próprio. O primeiro disco demo, registro desse repertório de canções, foi gravado em 2012 e disponibilizado na internet.

No mesmo ano o Bando passa a fazer apresentações em Botucatu e cidades da região, levando muito rock & blues e funk & soul. Inspirado em Jack kerouac, Super Mário, Henry Miller, Bertold Brecht, Lewis Carroll, mesas de bilhar, balcão de boteco, pólvora e poesia, olhares indiscretos e ecos no céu da boca.

O bando estará acompanhado pelo gaitista Pablo Rodrigues, que começou a tocar por influência do avô, durante a década de 90. Anos depois seguiu para São Paulo onde estudou com Luiz Marcondes e Ulisses Cazallas, participou de shows com bandas como Ira, Charlie Brown Jr.; se apresentou na Expomusic estande da Hering harmônicas, lecionou em escolas de música da capital e de Sorocaba e se apresentou com a cantora norte-americana Marva Write e participou de diversos shows com artistas que se apresentam no Villa Blues de Botucatu.