Teatro Municipal sedia a abertura dos Jogos da Igualdade

O Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” foi palco da cerimônia de abertura dos primeiros Jogos da Igualdade do Município de Botucatu, promovidos pela Assessoria Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade em parceira com as Secretarias de Educação e Esportes e Lazer. O evento foi marcado por apresentações dos profissionais das modalidades envolvidas na competição sendo elas: Basquete de Rua, Capoeira, Hip Hop e Street Dance.

Além de um grande público, a cerimônia também foi prestigiada por diversas autoridades como Antonio Carlos Arruda da Silva, coordenador de Políticas Públicas para a população negra e indígena do Estado de São Paulo; Marco Antonio Zito Alvarenga, presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paulo; Edmilson Nascimento, representando o Conselho de Participação e Desenvolvimento da População Negra do Município de Botucatu e secretários municipais.
A assessora de Políticas de Promoção da Igualdade, Conceição Vercesi, explica que os jogos trazem uma importante mensagem inspirada em todos com o tema “Eu Sou o Futuro”, “Não ? s Drogas, Não ? Violência”.

“Queremos demonstrar que tem muitos caminhos a serem seguidos e podemos optar pelo melhor. Os jogos contam com modalidades que exigem disciplina, dedicação e perseverança e acima de tudo se desviar do mau caminho”, ressalta.

Conceição ainda afirma que em Botucatu a Prefeitura tem se empenhado em fazer a diferença e oferecer para as pessoas melhores condições de seguir um bom caminho. “Não queremos perder nenhum jovem botucatuense para violência e nem para as drogas. Essa competição vem para comemorar a igualdade, a integração e a compreensão de uns com os outros”, destaca.

Antonio Carlos Arruda da Silva, coordenador da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania e Coordenadoria de Políticas Públicas para a população negra e indígena do Estado de São Paulo, acredita que os jogos serão um grande sucesso. “A assessoria por meio da Conceição consegue mostrar para Botucatu a importância dessas atividades ao fazer termos cooperados com diferentes segmentos do município. Os jogos vêm para mostrar a igualdade de todas as pessoas, afinal todos são importantes”, salienta.

Marco Antonio Zito Alvarenga, presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paulo, em seu discurso também ressaltou o trabalho desenvolvido em Botucatu pela Assessoria e a importância do evento esportivo. “Esta competição vai além de um evento esportivo. Ela tem como objetivo formar cidadãos, pessoas que terão a moldura da ética em seu dia a dia. Botucatu é marcada por sua participação no Conselho e estou honrado em participar de um evento tão importante como esse”, declara.

Na oportunidade, o presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paulo também entregou ao secretário municipal de Governo, Narcizo Minetto Júnior, que representou o prefeito João Cury Neto no evento, um kit que contém exemplares de gestão de políticas públicas de promoção de igualdade racial.
Inscrições prorrogadas e competição – As inscrições para participar dos jogos foram prorrogadas até 16 de novembro. As competições, que estavam agendadas para acontecer entre os dias 31 de outubro e 20 de novembro, terão início em 18 de novembro e devem seguir até o dia 30 do mesmo mês.

Poderão participar dos jogos crianças e adolescentes com idades entre 11 e 17 anos, que estejam regularmente matriculados em um estabelecimento de ensino, público ou privado, ou em projetos socioeducativos da Cidade.
Cada equipe deverá procurar a direção de sua instituição para que esta preencha o formulário de inscrição e o encaminhe para a comissão organizadora. Os formulários de inscrição de cada modalidade e o regulamento estão disponíveis no site da Prefeitura (www.botucatu.sp.gov.br), no link “Jogos da Igualdade”.

Os participantes serão divididos em três grupos diferentes, segundo a faixa etária. O grupo 1 será composto por aqueles que nasceram entre os anos de 1997 e 2000. Já o grupo 2 contará com pessoas nascidas em 1998 e 1999. Por fim, participarão do grupo 3 os nascidos entre 1995 e 1997. O número de integrantes por grupo é ilimitado, podendo haver equipes masculinas, femininas ou mistas, as quais competirão entre si.

As coreografias de hip hop e street dance deverão ser montadas tendo como referência o tema “Eu Sou o Futuro”, que contemplará a mensagem “Não ? s Drogas, Não ? Violência”. As datas, horários e locais da realização das competições de cada modalidade serão divulgados após as inscrições.
Os grupos classificados em primeiro, segundo e terceiros lugares serão premiados com medalhas. Já os estabelecimentos de ensino receberão troféus para os três primeiros lugares, respectivos ao número de vitórias obtidas pelas equipes em cada modalidade.