Show “Moda de Rock” retorna à Fazenda Lageado

No dia 29 de novembro, quinta-feira, a partir das 20h30, no Auditório da Fazenda Lageado, com entrada franca, acontece o show “Moda de Rock”, com os violeiros Ricardo Vignini e Zé Helder. A proposta dos dois músicos, integrantes do grupo Matuto Moderno, é adaptar clássicos do rock para a viola caipira, mostrando toda a potencialidade e versatilidade do instrumento tão associado à tradição da música brasileira.

No início desse ano, em março, a dupla se apresentou no Lageado. Com a casa cheia eles tocaram clássicos de grupos como Pink Floyd, Beatles, Led Zeppelin, Jimi Hendrix, Iron Maiden, Metallica, Sepultura, Nirvana, Jethro Tull e Ozzy Osbourne. O projeto já rendeu um CD, “Moda de Rock & Viola Extrema”, que foi lançado em 2011 com shows em diversas regiões do Brasil e nos Estados Unidos. As performances da dupla também fizeram sucesso em diversos programas de televisão como o Programa do Jô (TV Globo), Leitura Dinâmica (Rede TV) e Metrópolis (TV Cultura).

{n}Os músicos{/n}

O paulista Ricardo Vignini é um dos violeiros mais atuantes do Brasil. Produtor e pesquisador de cultura popular do sudeste, gravou quatro Cds com a banda Matuto Moderno e o solo instrumental “Na Zoada do Arame”. Participa dos principais eventos sobre a viola no Brasil. Já tocou e gravou com artistas como Pena Branca, Índio Cachoeira, Pereira da Viola, Ivan Vilela, Paulo Freire, Roberto Correa, Renato Teixeira e Almir Sater.

O mineiro Zé Helder acompanhou a cantora Ceumar e gravou dois CDs solos: “A Montanha” (2004) e “No Oco do Bambu” (2009), com participações especiais de Ivan Vilela, Dani Lasalvia e Índio Cachoeira. Criou o curso de viola caipira no Conservatório de Pouso Alegre (CEMPA), e atualmente leciona o instrumento no Conservatório Municipal de Arte de Guarulhos. Integra o grupo Matuto Moderno desde 2010.

O show “Moda de Rock” na Fazenda Lageado é uma realização do Circuito SESI e integra o projeto Lageado Cultural, apoiado pela Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) e Prefeitura Municipal de Botucatu.

Fonte: Assessoria de imprensa
Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – câmpus de Botucatu/SP