Projeto Pipa contempla cinco trabalhos em Botucatu

A Secretaria Municipal de Cultura divulgou o relatório final da comissão arregimentada para a escolha de cinco projetos contemplados e três suplentes participantes do edital do Projeto de Integração e Participação Ativa (Pipa) nº 02.2013 de 23 de agosto de 04 de outubro de 2013 e divulgado nesse mês de dezembro.

O programa foi instituído em 22 de dezembro de 2009 pela Lei Complementar nº 725. Entre os objetivos do Pipa estão o apoio e patrocínio para pesquisas, projetos, divulgação e produção artística que preservem e difundam a diversidade cultural no Município. Os recursos aplicados no Pipa são oriundos do Fundo Municipal de Cultura.

Os cinco primeiros projetos selecionados, em ordem alfabética por nome dos projetos:

1 – “Amor para leigos” – de Alessio B. Pascucci
2 – “A nudez dos outros” – de Danilo Roberto Batista
3 – “Levitando entre rimas e versos” – de Quico Cuter
4 – “Retratos de uma cidade – A narrativa literária como fonte do conhecimento” – de Alonso Pereira Feliciano
5 – “Sob as águas do Anhemby” – de Irineu dos Santos Cardoso

{n}Justificativas{/n}

Os cinco primeiros projetos selecionados respondem marcadamente os quesitos propostos pelo Edital e todos apresentam o primeiro dos quesitos: excelência artística e relevância do projeto. “Faz-se necessário ressaltar que esse quesito subentende projetos artísticos e não acadêmicos ou jornalísticos”, frisa o secretário de Cultura Osni Ribeiro (foto).

Aponta o secretário que os projetos têm como proponentes escritores qualificados e com vasta experiência, parte deles constituída de artistas já destacados no cenário cultural de Botucatu e, portanto, a escolha obedece ao segundo quesito do Edital.

“A diversidade temática e estética, terceiro dos quesitos, também é respeitada pela seleção, pois entre os cinco selecionados há romance regional, poesias, contos e novelas a serem publicadas. Enfatizamos que tal diversidade pode ser concretizada por meio do desenvolvimento de novos olhares sobre temas”, coloca Ribeiro.

Quanto aos demais quesitos – adequação orçamentária; interesse público em relação ? proposta de contrapartida e viabilidade de realização do projeto, todos os proponentes apresentaram despesas, justificativas e propostas de contrapartidas plausíveis com o tempo e orçamento determinados no Edital.

{n}Suplentes{/n}

1º) “Pioneirismo arquitetônico em Botucatu” de Anna Creuza Zorzella Zacharias)
2º) “O meio – O caminho do meio” de João Cyrino Neto)
3º) “Eu moro, eu sou. Bairro Demétria: construção de uma comunidade antroposófica” – de Maria Carolina Silva Rocha Vieira.

Osni Ribeiro enfatiza que embora as três indicações de suplência tenham excelência textual, não apresentam o primeiro dos quesitos dado no edital que nos rege, ou seja, excelência artística. “Desse modo, compreende-se que os referidos projetos não contemplam tal quesito por se tratarem de textos de cunho informativo, jornalístico e não artístico”, explica . “Ainda assim, por considerar a excelência textual de tais, classificamo-los pelos outros quesitos do edital como suplentes, na ordem dada, levando em conta os outros quesitos”, complementa.

{n}Jurados{/n}

Patrícia Guimarães Gil
Grida Auyra Pignata Terreri
Fábio Nunes da Silva