Projeto Guri de Botucatu oferece 156 vagas em dois períodos

O Projeto Guri, programa sociocultural do Governo de São Paulo, está com vagas no período da manhã para seus cursos de música na cidade de Botucatu. Serão oferecidas 131 vagas para o período matutino, além de 25 vagas remanescentes para o período da tarde.

Para participar do Projeto Guri não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem realizar testes seletivos. Basta que o interessado esteja matriculado em qualquer instituição de ensino da rede pública ou particular. As inscrições podem ser realizadas até 15 de março.

Podem participar crianças e jovens de 6 a 18 anos. Para a matrícula, os interessados devem se dirigir, durante este período, diretamente ao polo, acompanhados por pais ou responsáveis, levando RG (ou certidão de nascimento), comprovante de matrícula escolar, boletim escolar de 2012, RG do responsável e comprovante de endereço para consulta.

O polo do Projeto Guri em Botucatu fica na Rua Maria Rosa Santiago, n 152, Jardim Central (Próximo a rodoviária).Informações no telefone (14) 3814-2017. Oferece cursos de violino, viola clássica, violoncelo, contrabaixo e canto coral. O funcionamento acontece ? s quartas e sextas-feiras, das 8 ? s 11 horas e das 13h30 ? s 17h30.

{n}Sobre o Projeto Guri{/n}

Mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, desde 1995 continuamente, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopro, teclados e percussão.

Mais de 55 mil jovens fazem aulas nos mais de 421 polos distribuídos por todo o Estado de São Paulo. O programa socioeducativo há cerca de 18 anos realiza um trabalho que tem na música seu instrumento de transformação e, nos guris, sua obra-prima.

O Projeto Guri é administrado por duas organizações sociais ligadas ? Secretaria de Estado da Cultura. Os mais de 370 polos distribuídos pelo interior e litoral do Estado, com cerca de 35 mil guris, são dirigidos pela Associação Amigos do Projeto Guri (Amigos do Guri), enquanto a gestão das unidades da Capital é realizada pela Santa Marcelina Organização Social de Cultura. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural.

A Amigos do Guri, organização social de cultura, compartilha com a Secretaria de Estado da Cultura a gestão do Projeto Guri desde 2004. Além do Governo do Estado – seu idealizador – a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.

As empresas que queiram colaborar com a Amigos do Guri e contribuir para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens podem usufruir de leis de incentivo fiscal como a Lei Rouanet e o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem contribuir.