Programa conscientiza crianças sobre o uso do cerol

Entre os objetivos do Programa de Saúde Escolar (PSE) de Botucatu que existe há 29 anos e desenvolve-se em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp, está o desenvolvimento de atividades práticas na área de formação profissional específica, de atenção à saúde da criança em escolarização, seja no atendimento individual, seja no trabalho de atenção coletiva.

Neste sentido o trabalho considera o contexto escolar e social da criança. A partir destes pressupostos a aprimoranda do PSE do Departamento de Saúde Pública, Virgínia Maria Tinti ,vêm realizando junto a escolas municipais de Botucatu o projeto de prevenção de acidentes infantil intitulado: “Soltar pipa com segurança”.

O projeto se desenvolve a partir de atividades lúdicas que possibilitam dialogar com crianças em idade escolar a importância da conscientização dos riscos que envolvem esta brincadeira tão prazerosa, muito tem se dialogado sobre os perigos do uso de cerol e os riscos de atropelamento.

“Os próximos tópicos a serem abordados também buscarão reduzir os acidentes infantis e assim os temas abordados serão: os riscos de acidentes domésticos como queimaduras, quedas, intoxicações, afogamentos, entre outras”, enumera Virgínia Tinti.