Pardinho vira referência e recebe foliões de toda região

Tudo começou há cerca de oito com um grupo de moradores da cidade que fundaram o bloco Jakas’s. Após isso, surgiram os blocos Nostravamos, Katrina, União Manguassense, Caipatraiz, Bloco do Joãozão, Bloco do Saci, Bloco Nóis Inverga Mais Não Quebra, Bateria União Pardinhense e em seguida o Império da Serra.

Posteriormente, surgiu o Bloco Latrina formado por um grupo de profissionais liberais de Botucatu e que hoje conta com mais de 700 componentes para brincar o carnaval na Cidade de Pardinho. Tudo isso contribui para que a Praça da Matriz, que fica no centro da Cidade, passou a atrair milhares de foliões de toda região passando a ser referência no carnaval de rua.

Um dos fundadores do Bloco Latrina, o advogado Junot de Lara Carvalho, lembra que tudo foi feito em um encontro de amigos que fecharam um quarteirão na Rua Reverendo Francisco Lotufo, na Vila Nogueira para fundar o bloco que, curiosamente, nunca desfilou em Botucatu. “Pardinho nos acolheu e a ideia deu certo e se espalhou pela região. Hoje muita gente quer conhecer como é o carnaval de Pardinho”, disse o advogado.

Com isso, Pardinho recebe, aproximadamente, cerca de 10 mil pessoas por cada noite, ou seja, quase duas vezes a população da Cidade. “Isso se deve a forma receptiva de como tratamos as pessoas que vem passar as festividades carnavalescas conosco. Hoje o carnaval, realmente, é o maior evento da Cidade e procuramos dar toda atenção para aqueles que nos visitam”, disse o prefeito José Francisco Rocha de Oliveira, o Fião.

A Cidade montou uma estrutura com diversas tendas piramidais, palco com iluminações de alta tecnologia e banda tocando nas quatro noites, além do desfile de diversos blocos com a Bateria União Pardinhense e a Escola de Samba Império da Serra.

A reportagem do Acontece, circulando entre a multidão, registrou a presença de foliões que vieram de Botucatu, São Manuel, Pratania, Itatinga, Avaré, Laranjal Paulista, Bofete, Bauru, entre outras cidades da região. Outro ponto destacado é com relação ao aparato que foi montado pela Polícia Militar (PM) para dar segurança para as pessoas que foram se divertir e coibir os excessos.

Fotos: David Devidé

{bimg: 29284:alt=interna1:bimg}
{bimg: 29285:alt=interna3:bimg}
{bimg: 29286:alt=interna2:bimg}