Ópera “Carmem” dará prosseguimento ao Festival de Inverno

Depois das atrações deste final de semana, o Festival de Inverno que vem atraindo grande público no Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci, terá prosseguimento nesta quarta-feira, com o espetáculo “Carmen” – baseado na ópera homônima de Georges Bizet.

O Festival teve início dia 14 e segue até o dia 31 de julho. De quarta-feira a sábado as atrações acontecem ? s 20h30 e aos domingos, ? s 19 horas. Os ingressos são restritos a dois por pessoa e devem ser retirados nos dias dos espetáculos na bilheteria do próprio teatro, sempre a partir das 14 horas.

O evento é promovido pela Prefeitura de Botucatu por meio da Secretaria Municipal de Cultura trazendo ? população botucatuense apresentações gratuitas de teatro, dança, música e circo. O evento conta com apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria Estadual da Cultura, Circuito Sesi, Sesc de Piracicaba.

“Carmem” dará ao público botucatuense a oportunidade de conhecer a história e ouvir as mais conhecidas árias e duetos do repertório mundial de ópera reunidos no espetáculo. O foco é estimular a aproximação das mais diversificadas platéias ao conteúdo da ópera como atividade artística ,possibilitando o acesso a toda comunidade.

“Carmen é o segundo espetáculo da série Ópera Contada e Cantada realizado pelo Governo do Estado de São Paulo através da Coordenação de Fomento da Secretaria de Cultura” – pontua Cleber Papa, diretor cênico do espetáculo. “Desde 2009, vimos trabalhando na série que já apresentou Madame Butterfly, também com a direção musical do Maestro Luiz Gustavo Petri, regente titular da Orquestra Sinfônica de Santos. A Série Ópera Contada e Cantada nasceu de várias constatações e reflexões no Núcleo de Ópera Curta da Casa da Ópera, atendendo a uma demanda da Secretaria de Estado da Cultura”, acrescenta.

Papa que é criador do projeto e diretor dos espetáculos lembra que (o projeto) nasceu da necessidade de se criar um formato totalmente aberto e inovador dos tradicionais modelos de ópera estúdio vistos no Brasil. “Pudemos perceber que em vários países, França, Espanha, Alemanha estão-se buscando novos formatos em que espetáculos muito elaborados estão sendo utilizados para desenvolver e manter novas platéias para gênero”, coloca.

{n}Sobre a Ópera Carmen{/n}

Carmen – a ópera contada e cantada é um espetáculo do Núcleo de Ópera Curta. Em aproximadamente uma hora e vinte minutos a história de Carmen e seus amores é contada por Lilas Pástia, um dos descendentes do velho taberneiro que por volta de 1820 recebia a cigana e seus amigos na sua taberna em Sevilha.

O espetáculo apresenta as principais árias e duetos da ópera, com legendas em português. No elenco, quatro cantores, um ator, quatro bailarinos e um cenário ambientado na taberna original ajudam a contar a história.

{n}Programação do Festival

Apresentações no Teatro Municipal {/n}

Dia 20 (Quarta-feira)
Horário: 20h30
Projeto Circulando Ópera apresenta “Ópera Carmen”

Dia 21 (Quinta-feira)
Horário: 20h30
“Oiprocesvê” com o Ballet Mariaska

Dia 22 (Sexta-feira)
Horário: 20h30
Sesc Piracicaba apresenta “As patacoadas de Cornélio Pires”, com a Cia Andaime Teatro

Dia 23 (Sábado)
Horário: 20h30
Circuito Sesi apresenta “Amor por Anexins” com Dionisios Teatro

Dia 24 (Domingo)
Horário: 19 horas
Circuito Sesi apresenta “Traditional Jazz Band”

Dia 27 (Quarta-feira)
Horário: 20h30
Concerto de Inverno da Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu sob regência do Maestro Marcos Virmond

Dia 28 (Quinta-feira)
Horário: 20h30
“Sarau para Radamés” com Victor Garbellotto

Dia 29 (Sexta-feira)
Horário: 20h30
“Violão Impressionista” – Concerto Didático com Diogo Carvalho

Dia 30 (Sábado)
Horário: 20h30
“Trovadores Urbanos”

Dia 31 (Domingo)
Horário: 19 horas
“Contando Causos” baseado no livro homônimo do mestre Rolando Boldrin com Núcleo Caboclinhas

{n}Exposições {/n}

Jornada Fotográfica – Uma virada histórica
Exposição: até dia 29 julho
Local: Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci”
Praça Coronel Moura, nº27 – Centro
Horário: Segunda a sexta das 10 ? s 17 horas e durante os espetáculos

Cores da Cuesta – Desenhos e aquarelas de Luis Antonio Sardinha
Exposição: até dia 31 de julho
Local: Centro Cultural de Botucatu
Praça XV de Novembro, nº30 – Centro
Horário: Segunda a sexta das 9 ? s 17 horas

Formas – A arte de Gajendra
Exposição: até dia 31 de julho
Local: Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins (MAC)
Avenida Dom Lúcio, nº 755 – Centro
Horário: Terça a sexta das 10 ? s 17 horas e aos sábados, domingos e feriados das 12 ? s 17 horas

Fotos : Divulgação