Museu do Café expõe trabalho de Marcos Akasaki

O Museu do Café da Fazenda Lageado está expondo 16 obras do artista paulistano Marcos Akasaki denominado “Raízes”. Nessa Mostra o artista consegue estabelecer a ligação entre o mundo aparente e o oculto que são ligados pela sutileza de movimentos dos galhos e raízes, levando o observador ao encantamento pelas cores vivas e ? similaridade das formas.

As obras impressionam o visitante também pelo tamanho com várias telas medindo 150 x 120 cm. Artista conquistou a medalha de ouro em Arte Contemporânea na 6ª Grande Exposição de Arte Bunkio 2012, com a obra “Raízes do Inconsciente III” que está entre as obras expostas.

Akasaki já participou de diversos salões, exposições e mostras com sua arte, e pela primeira vez, os botucatuenses e moradores da região poderão conhecer o talento e a criatividade desse artista. A exposição tem a curadoria de Oscar D´Ambrosio e a produção cultura de Ricardo Cardoso. A iniciativa é do Museu do Café com o apoio das Empresas Amigas da Fazenda Lageado.

A mostra permanecerá até o dia 27 de julho, podendo ser visitada de segunda a sexta das 9 as 11 horas e das 14 as 17 horas. Aos sábados, domingos e feriados o horário é das 12 as 17 horas. A entrada é franca.

{n}Arminio Kaiser{/n}

O fotógrafo baiano e agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), Arminio Kaiser está sendo contatado para fazer uma visita ao Museu do Café. A intenção é trazer o fotógrafo ao local que serviu de inspiração para grande parte das imagens que sua obra apresenta.

Kaiser trabalhou no extinto Instituto Brasileiro do Café entre 1953 e 1989. Atuou primeiramente no estado de São Paulo, onde se dedicou ? pesquisa e difusão de técnicas para a colheita e beneficiamento de cafés finos, de qualidade superior. Atualmente reside em Londrina, no estado do Paraná.

{n}Números do Museu{/n}

A coordenação do Museu do Café está comemorando o número de pessoas que visitaram o local no mês de junho. Foram 1.832 visitantes. Já a soma do ano de 2013 atinge exatos 18.814 visitantes. Por outro lado, ultrapassou a marca de 111 mil visitantes no período compreendido entre janeiro de 2006 e junho de 2013.

Nesse período o Museu foi visitado por 111.106 pessoas. Tendo por base os números do censo do IBGE de 2010, o comparativo entre o número de visitantes e a população de Botucatu e algumas cidades da nossa região: Botucatu: 127 mil habitantes, Jau: 131 mil, Avaré: 85 mil e Lençóis Paulista 70 mil. Isso mostra, mais uma vez, a referência e importância do Museu do Café da Fazenda Lageado.