Isabel Pacheco agenda exposição no Museu do Café

O “Espaço Cultural” do Museu do Café,  da Fazenda Lageado,  está recebendo uma nova mostra. Dessa vez a escolhida é a artista plástica Isabel Pacheco, cujos trabalhos poderão ser apreciados do dia 18 de abril a 18 de maio.

Isabel é natural de Moçambique e chegou ao Rio de Janeiro em 1978 onde reside até hoje. Sua obra é repleta de traços e cores que nos remetem à sua terra natal. Os tons utilizados se assemelham aos tecidos coloridos usados pelas mulheres africanas, com destaque para o laranja, azul e o amarelo. Isabel já participou de diversas exposições individuais e coletivas no Brasil, e em Barcelona, Lisboa e Nova York.

Dona de um currículo invejável Isabel também foi agraciada com diversas medalhas, troféus, e distinções ao longo de sua carreira. Isabel também é artista exclusiva da “Cia Arte Cultura – Marketing Artístico” que tem como responsável Paco de Assis. A curadoria é de Oscar D’ Ambrosio e a produção cultural de José Eduardo Candeias. As obras de Isabel poderão ser visitadas de segunda a sexta das 8 às 17 horas, e aos sábados, domingos e feriados das 12 às 18 horas.

 

Elsie Paiva

Vale lembrar que, confirmando a tradição conquistada ao longo dos últimos anos, a recente exposição de telas da artista plástica Elsie Paiva, no “Espaço Cultural” do Museu do Café, foi um sucesso. A mostra reuniu 11 obras e foi aberta no dia 12 de março e encerrada no ultimo dia 12 de abril.

Durante esse período 2.566 pessoas puderam apreciar os traços fortes e marcantes da artista. A Coordenação do Núcleo agradece a “Cia Arte Cultura – Marketing Artístico” de São Paulo, na pessoa de Paco de Assis, responsável por trazer as obras da artista Elsie Paiva para o Museu, além de Oscar D’ Ambrosio, curador da mostra.

 

FDE

Ainda sobre o Museu do Café, a Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE, unidade de apoio à Secretaria de Estado da Educação, encaminhou à Coordenadoria do Núcleo o Relatório de Gestão 2011 – 2014. Dentre todos os projetos elencados a Coordenadoria destaca o projeto “Lugares de Aprender” do qual o Museu é Instituição parceira, desde 2009.

Pelo projeto, alunos são recebidos e acompanhados por monitores conhecem todo o acervo do Museu e algumas construções da área histórica. Durante o exercício de 2014 o Museu recebeu pelo projeto 15 Instituições somando aproximadamente 700 alunos. “Só podemos agradecer a FDE pelo envio desse importante instrumento de prestação de contas e gerenciamento de suas ações”, colocou o coordenador do Museu, José Eduardo Candeias.