FMB promove encontro de corais no Gino Carbonari

O Coral Canto e Encanto, formado por servidores da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), se apresentará no teatro Gino Carbonari, dia 30 de maio, a partir das 20h30. No mesmo dia também acontecerá uma exibição dos corais infantil e jovem do Núcleo Assistencial Joanna de Ângelis, com regência de Maíra Ferreira. A realização é da Comissão de Arte e Cultura da FMB/Unesp e a entrada é franca. O repertório incluirá MPB, Musicas Regionais Nacional e Internacional.

O coral Infantil é composto por 30 crianças  e a apresentação terá duração de 15 minutos. O coral Jovem é composto por 37 jovens e adolescentes, sendo que sua exibição terá 30 minutos. O Núcleo Assistencial Joanna de Ângelis está localizado no Jardim Brasil e é mantido pelo Centro Espírita o Caminho da Verdade. É uma escola formal da Pré-escola ao nono ano. O Projeto "Musicalizando" faz parte do núcleo e atende aproximadamente 200 alunos na área da música.

Atualmente, conta com  2 orquestras (infantil e infantojuvenil) , dois corais (infantil e jovem), Música de câmara, aulas de instrumentos de sopros, percussão e piano erudito.  Os jovens têm se apresentado em Botucatu, cidades do interior, São Paulo (Capital) e em outros estados. Coral e orquestra já se apresentaram na Sala São Paulo, com o maestro João Carlos Martins;  Memorial de América Latina, Programa Ação da Rede Globo, entre outros. O Projeto se mantém fundamentalmente através de contribuições de pessoas físicas, jurídicas, e projetos contemplados pelo governo federal.

A regente Maíra Ferreira é formada em piano e regência Coral e Orquestra pela Unicamp. Cursa atualmente Mestrado na Butler University-Indianápolis EUA. O  tem a finalidade de  promover a qualidade de vida pela música. Dessa forma o Coral Canto e Encanto, integra, desde 2006, servidores, alunos e professores do complexo Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), Hospital das Clínicas (HC) e também pessoas vinculadas à  Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar).

Em sete anos de existência, tem conquistado o público em suas apresentações nos mais diversos eventos realizados no campus da Unesp, em Rubião Júnior.O projeto surgiu como iniciativa do Grupo Técnico de Desenvolvimento em Recursos Humanos (GTDRH) e desde então mantém sua intenção de promover a melhoria na qualidade de vida através da música e arte. A regência do coral é de Rebecca Brizolla, professora de canto e formada em regência pela USC (Universidade Sagrado Coração, de Bauru).