Festival de Inverno termina neste final de semana

Para encerrar o Festival de Inverno 2011, o último final de semana terá três atrações distintas. Nesta sexta-feira o músico Diogo Carvalho sobe ao palco do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci com a apresentação “Violão Impressionista” – Concerto Didático. O projeto conta com apoio do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Estado da Cultura e Programa de Ação Cultural. O concerto começa as 20h30, tem duração de 50 minutos, classificação livre e será acompanhado de projeção que apresenta quadros do impressionismo e outras imagens.

A apresentação explica o que é o impressionismo, as inter-relações entre suas diversas manifestações (pintura, literatura e música) e a presença deste movimento na cultura contemporânea – a forte influência que o impressionismo exerceu na música de Tom Jobim, como em “Garota de Ipanema” e “Chovendo na Roseira”. No programa, músicas de Claude Debussy, Maurice Ravel e Erik Satie, todas originais para piano ou orquestra, e adaptadas ao violão pelo próprio músico.

{n}Trovadores Urbanos{/n}

No sábado (30) o show será dos Trovadores Urbanos que conta a trajetória de 21 anos do grupo. Oito músicos subirão ao palco com pétalas de rosas vermelhas, mostrando que o universo dos Trovadores Urbanos vai muito além de serenatas nas janelas. A apresentação tem início ? s 20h30, duração de 50 minutos e classificação livre.

Além da apresentação que fará as ? s 20h30, dentro do Festival de Inverno de Botucatu, o grupo Trovadores Urbanos realizará uma oficina de canto voltada ao público infantil. O evento, com duração de uma hora e meia, acontecerá no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, ? s 15 horas, e atenderá meninos e meninas com idades entre 7 e 14 anos.

A atividade, interativa e lúdica, é um exercício de aproximação das pessoas e resgata a memória musical afetiva do público participante. O repertório remete a canções que embalaram a infância de várias gerações, como “Se esta rua fosse minha”,“Boi da cara preta”, “Noite feliz”,“Capelinha de melão”,“Como é grande o meu amor por você”, “Carinhoso” e “Meu limão, meu limoeiro”; dentre outras.

{n}Contando Causos{/n}

Já no domingo (31), ? s 19 horas, o Núcleo Caboclinhas com a apresentação “Contando Causos”, baseada no livro homônimo de Rolando Boldrin, sobe ao palco do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci.

O espetáculo, com duração de 90 minutos e classificação livre, abre gavetas nas quais estão guardados os mais inusitados causos, cantigas, músicas, costumes, lembranças e religiosidade da nossa cultura. O anonimato desvelado dos corpos que habitam as ruas, os lares, os bares e as igrejas da cidade de São Paulo e de outras regiões foram observados pelas atrizes e utilizados como fonte de inspiração ? criação das cenas.

Todos os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Teatro, a partir das 14 horas do dia da apresentação. Serão disponibilizados dois convites por pessoa. Mais informações pelo telefone 3882-9004. O Teatro Municipal está localizado na Praça Coronel Moura, 27, região central da Cidade.