Feira do Livro recebe milhares de pessoas no primeiro dia

Um grande número de pessoas compareceu no ginásio da Associação Atlética Ferroviária (AAF) na noite desta segunda-feira (12) para prestigiar a abertura oficial da Feira do Livro 2011, evento que se prolonga até dia 18 de setembro, com entrada franca e livros sendo vendidos a partir de R$ 1. A Feira é uma realização da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), com apoio da Sociedade Amigos das Bibliotecas (SABEP) e da Secretaria Municipal de Cultura.

O momento marcante que chamou a atenção das crianças foi a presença dos personagens da Turma da Mônica (Cebolinha, Cascão, Magali e Mônica) criados pelo desenhista Maurício de Sousa, que esteve visitando a feira na tarde desta terça-feira e criou um gibi sobre a Cidade. Neste gibi que está sendo entregue a todos os alunos da rede municipal, os personagens da Turma da Mônica mostram de forma divertida e pedagógica um pouco da história da Cidade.

A expectativa da Secretaria de Educação é que este ano, a feira receba um número ainda maior de visitantes, oferecendo atrações artísticas, ampla praça de alimentação, diversidade de livreiros e parcerias com entidades e projetos sociais.

Outra inovação para os alunos da rede é a implantação do cheque-leitura, que consiste em distribuir vale livros que poderão ser trocados por diversos títulos, nos estandes dos livreiros, visando ? aproximação e familiarização dos estudantes com os livros desde cedo, livros estes que muitos deles não teriam a oportunidade de adquirir de outra maneira. Os recursos investidos no Projeto “Cheque Leitura” são captados pela Sociedade Amigos da Biblioteca Pública “Emílio Peduti” (SABEP), por meio de doações de colaboradores.

“O objetivo da feira é aproximar o público dos livros e, conseqüentemente, do conhecimento amplo que eles proporcionam, se consolidando no calendário municipal de eventos”, ressalta Darcila Bozoni, bibliotecária da SME e sua equipe de Agentes de Atividades Escolares, responsáveis pela organização do evento.

O secretário de Educação Narcizo Minetto Júnior que abriu, oficialmente, o evento diz que este ano não foi medido esforços para a realização do evento. “Acreditamos que o contato com os livros, autores e um ambiente leitor motivador faz com que as crianças tenham prazer em ler e se tornem futuros leitores, elevando nossa cidade ao título de Botucatu: uma cidade de leitores”, prega Minetto. “A feira é um evento cultural e educacional aberta para os alunos da rede municipal, estadual, particular e toda comunidade de Botucatu e região”, complementou o secretário.

Fotos: David Devidé / Valéria Cuter