FCA sedia o 4ª Simpósio em Proteção de Plantas

Teve início nesta terça-feira, 22 de setembro, a quarta edição do Simpósio em Proteção de Plantas (Simprot), realizada na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, câmpus de Botucatu.  Até o dia 24 de setembro, estudantes, pesquisadores e profissionais da área agrícola discutirão alguns dos principais avanços na área de Proteção de Plantas.

O evento conta com pesquisadores do Brasil e do exterior que vão ministrar palestras e participar de mesas-redondas sobre temas como: agricultura de precisão e fitossanidade, desafios para organismos geneticamente modificados no Brasil; manejo de fitonematoides em grandes culturas; perspectivas para a citricultura pós-greening e inovações tecnológicas no manejo de plantas daninhas.

Na solenidade de abertura do evento, o professor Edson Luiz Lopes Baldin, um dos coordenadores do Simprot, ao lado dos professores Adriana Zanin Kronka e Ricardo Fujihara, ressaltou a relevância da realização de eventos para o fortalecimento do setor agrícola.

“Diante da crise que o país enfrenta, entendemos que as atividades universitárias, aliadas aos eventos científicos difusores de conhecimento assumem um papel importantíssimo para o fortalecimento da nossa agricultura. E talvez a agricultura seja uma boa alternativa para reencontrar os caminhos do crescimento e desenvolvimento”,  disse Baldin.

A mesa da solenidade também contou com a presença dos professores João Carlos Cury Saad, diretor da FCA; Carlos Gilberto Raetano, coordenador do programa de Pós-Graduação em Agronomia/Proteção de Plantas e Edson Luiz Furtado, diretor-presidente da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf).

A palestra inicial do Simpósio em Proteção de Plantas, intitulada “Desafios para o Manejo de Fitonematoides em Grandes Culturas”, foi ministrada pelo professor  Jaime Maia dos Santos, da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, câmpus de Jaboticabal.

Além das palestras, no primeiro dia do evento aconteceram os minicursos: Identificação de Lepidópteros no Complexo Milho-Soja; Nematologia na Prática; Identificação de Plantas Daninhas; Tecnologia de Aplicação de Defensivos e Introdução à Biologia Molecular. Ao longo do evento 110 trabalhos científicos serão apresentados oralmente e na forma de pôsteres

 Da Assessoria