Fase Regional do Mapa Cultural conhece seus vencedores

O Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” recebeu entre os dias 7 a 10 de novembro a fase regional do Mapa Cultural Paulista, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, realizada pela Abaçaí Cultura e Arte – Organização Social de Cultura.

Nesta modalidade de teatro, Botucatu recebeu participantes que representaram as cidades de Bauru, Boracéia, Dois Córregos, Jaú, Lins e Pirajuí, além de um grupo da própria cidade. Os grupos foram selecionados na fase municipal e se apresentaram na fase regional, buscando serem vistos na fase estadual que será na capital paulista. A comissão apreciadora foi composta pelos profissionais Edu Silva, Cássio Castelan e Evill Rebouças. As apresentações gratuitas foram realizadas no período da tarde e ? noite.

O Mapa Cultural tem como objetivo identificar, valorizar e promover o intercâmbio da produção cultural no Estado de São Paulo, e ao mesmo tempo estimular a participação de seus municípios em atividades culturais. É um dos mais importantes projetos culturais de São Paulo do ponto de vista formativo, informativo e de circulação de artistas do interior do Estado. Nenhum estado brasileiro possui projeto parecido, podendo tornar-se referência nacional.

Durante a realização do evento, foram selecionados artistas de 13 regiões administrativas do Governo do Estado para participar de atividades culturais distribuídas em quatro fases. Em todas elas os artistas que se destacaram apresentaram seus trabalhos, primeiro no município de origem, depois na região em que está inserido e, ao final, na fase estadual, apresentam-se na capital paulista. São sete expressões artísticas: Artes Visuais, que compreende Artes Plásticas, Desenho de Humor e Fotografia; Vídeo; Canto Coral; Música Instrumental; Literatura, que abrange Conto, Poema e Crônica; Dança e Teatro.

{n}Resultado Mapa Cultural Paulista – Modalidade Teatro

Menções Honrosas{/n}

Iluminação – Robert Coelho e Rodrigo pelo espetáculo “Fidelis”, de Botucatu
Viceralidade em cena – José Francisco Camilo com o espetáculo “Tchau, nunca adeus”, de Bauru.

Utilização de imagens poéticas como dramaturgia – “Asas ao vento”, de Jaú
Direção, inclusive utilizada como dramaturgia – Robert Coelho, de Botucatu
Direção – Cia Sereno na Flor de Boracéia e Cia Epifania, de Jau
Jogo de cena – Trovamores, de Dois Córregos

Trilha sonora ao vivo e sonoplastia – Notívagos Burlescos, de Botucatu.
Uso da linguagem do palhaço – Sérgio Santos, da Cia Sereno na Flor de Boracéia

Composição Intuitiva – Fernanda Neves de Oliveira, pela performance “Gisele”, da cidade de Pirajuí.

Espetáculo selecionado para representar a região de Bauru em SP – “Fidelis” da Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos, de Botucatu.

Suplente – “Asas ao vento” da Cia Epifania, de Jau.